PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

Perto de completar três meses no comando, Marcão vive cobranças no Fluminense; veja os números

Treinador vai para o 19º jogo na atual temporada pelo Tricolor e tem sido pressionado pela torcida na reta final do Campeonato Brasileiro

13 nov 2021 07h59
ver comentários
Publicidade

Desequilibrado ao longo de toda temporada, o Fluminense vive, talvez, seu momento mais irregular. Com atuações ruins, lesões e pressão por parte da torcida, que retornou ao estádio, o Tricolor se esforça para melhorar o rendimento e seguir na briga por uma vaga na próxima Libertadores. Um dos mais questionados pela má fase é o técnico Marcão. No próximo dia 21 ele completa três meses no comando da equipe, mas desde então não teve os resultados esperados.

Fluminense vem de derrota para o Grêmio na última rodada do Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Fluminense vem de derrota para o Grêmio na última rodada do Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Foto: Lance!

Em 18 jogos até o momento, Marcão soma sete vitórias, quatro empates e sete derrotas. São 18 gols marcados e também 18 sofridos. A melhor atuação, sem dúvidas, foi na vitória imponente de 3 a 1 sobre o Flamengo, no fim de outubro. Entretanto, esta talvez tenha sido a atuação mais consistente em meses. O Flu do atual treinador até começou bem ao fazer jogo parelho com o Atlético-MG, líder do Brasileirão, mas acabou eliminado da Copa do Brasil também pelo Galo e foi deixando pontos pelo caminho por erros bobos.

Desde o retorno do público aos estádios, Marcão teve seu nome gritado antes das partidas e parece contar com certa tolerância, mas nas redes sociais a cobrança segue. No Maracanã, o Flu teve duas vitórias, uma derrota e um empate à frente de sua torcida. A campanha como mandante em todo Brasileirão deixa a desejar, sendo apenas a sétima melhor da competição. São sete triunfos, cinco empates e três derrotas.

- O Marcão conhece o elenco muito bem, pegou várias passagens de técnicos e viu diferentes formas de trabalho. Claro que o torcedor no momento que está insatisfeito faz críticas, mas vale ressaltar que em outros momentos ele fez excelentes trabalhos, ajudou muito a equipe. No futebol não podemos falar do passado, mas do presente. Ele está buscando soluções. Não adianta falar que a culpa é do Marcão, porque não é, e sim de todos que estão no Fluminense - avaliou o lateral-esquerdo Marlon em entrevista coletiva.

Com base nos números do "Footstats", com Marcão no comando em jogos do Campeonato Brasileiro, o Fluminense tem uma média de 358,6 passes certos, 37,1 errados, além de apenas 3,8 finalizações no alvo e 7,5 para fora. Soma-se a isso os 16,75 desarmes por partida e 1,06 como média de gol marcado por confronto.

- Cabe ao Marcão e aos jogadores melhorarem, ao clube ter o entendimento que as coisas não estão boas, mas também não estão completamente ruins. Estamos vendo equipes com maior orçamento e jogadores de nome que não estão fazendo uma temporada melhor que a nossa. Nesse clube tem qualidade, um treinador que conhece os jogadores, sabe como funciona o Fluminense e tem ambição de vencer. Acredito muito que o Marcão está no caminho certo - completou Marlon.

Sem margem para erros e vendo as chances de G6 caírem, o Fluminense está em oitavo lugar, com 42 pontos. O Internacional é o sétimo, com 44, enquanto o Corinthians ocupa a sexta posição, com 47. Athletico-PR, nono, e América-MG, décimo, por exemplo, estão com 41, o que deixa o Tricolor com ainda mais necessidade de vencer. No próximo domingo, o Flu volta a entrar em campo, desta vez diante do Palmeiras, às 18h15, no Maracanã, pela 32ª rodada.

Lance!
Publicidade
Publicidade