PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Favoritar Time

Mesmo com eliminação precoce, Fluminense vê joias se consolidarem e outras surpresas na Copinha

Jhonny e Luan Brito decidiram a virada sobre o Matonense; atletas que se destacaram podem reforçar o profissional ainda nesta temporada

19 jan 2022 07h22
| atualizado às 07h22
ver comentários
Publicidade

A Copinha terminou mais cedo para o Fluminense. No último domingo, o Tricolor amargou a derrota para o Santos, e terminou eliminado nas oitavas de final. Porém, apesar da saída prematura, o torneio teve um saldo positivo: alguns jogadores, que ainda não são tão conhecidos pela torcida ganharam projeção, ao mesmo tempo que reafirmou outros Moleques de Xerém que já atuam no profissional.

John Kennedy foi o artilheiro do Fluminense na Copinha (Raul Ramos/Divulgação)
John Kennedy foi o artilheiro do Fluminense na Copinha (Raul Ramos/Divulgação)
Foto: Lance!

Na estreia, o Tricolor teve dificuldades para superar o adversário, mas Davi garantiu a vitória com o primeiro gol do time na competição. O zagueiro fez uma atuação segura e evitou lances perigosos ao lado de Felipe, seu companheiro na posição. Durante todo o campeonato, a defesa sofreu apenas quatro gols.

No ataque, Luan Brito acabou sendo um dos grandes destaques. Apesar de reserva, o jovem rendeu bons dribles e marcou dois gols contra o Matonense, decidindo a virada tricolor e a classificação para a fase seguinte. Contra a Ponte Preta, estufou a rede mais uma vez depois de entrar aos 80 minutos. Ele, inclusive, é visto com enorme potencial e já despertou interesse da Europa.

Uma das maiores expectativas em relação ao elenco era John Kennedy, jovem atacante que já atua no profissional, mas desceu para a base na temporada passada para recuperar o ritmo de jogo e integrou o grupo da Copinha. Apesar do desempenho tímido nos primeiros confrontos, não demorou para que ele se tornasse o artilheiro do time na competição. Com luta e bom posicionamento, o camisa 9 mostrou evolução.

O primeiro gol de foi de pênalti, contra a Matonense, ainda na primeira fase. Depois, marcou dois gols sobre a Francana e um sobre a Ponte Preta nas etapas eliminatórias. Na derrota para o Santos, também marcou um.

Matheus Martins também foi se soltando ao longo da competição, e correspondeu à responsabilidade. No jogo contra a Francana, na segunda fase, o atacante consolidou a goleada ao marcar o terceiro do Flu. Contra a Macaca, deu uma assistência para o gol de John Kennedy e também converteu um pênalti. Ainda assim, deixou a desejar em algumas finalizações.

Ainda no setor ofensivo, Miguel Vinícius foi mais um a demonstrar potencial. O atacante de 19 anos marcou um dos três gols do Flu na vitória sobre o Fast Clube-AM, na segunda rodada da Copinha. Além disso, o jovem passou segurança ao acompanhar os veteranos John Kennedy e Matheus Martins nas jogadas de ataque.

Outro talento que já passou pelo profissional foi Wallace que, diferente dos colegas, entrou mais tarde no profissional. Ainda assim, o meia demonstrou maturidade para encontrar espaços para as jogadas, além de fazer uma boa marcação, construir lances importantes para a equipe. No meio, Alexsander também chamou a atenção pelos dribles e desempenho nos duelos em que disputou.

Joia de Xerém, Jhonny foi um dos jogadores mais decisivos da equipe nesta Copinha. Além de marcar um gol na goleada sobre o Fast Clube-AM, o lateral-direito deu três assistências, sendo duas no duelo contra a Matonense. Depois, serviu de garçom para John Kennedy no primeiro gol sobre a Macaca. Não por acaso: o jovem foi importante para a movimentação do time em campo, além de ter sido eficaz nos cruzamentos.

Ainda que o resultado não tenha sido o esperado, uma vez que o Fluminense era um dos favoritos desta edição da Copinha, Xerém mostrou que tem joias a serem lapidadas e utilizadas em um futuro próximo. Neste ano, inclusive, os atletas nascidos entre 2001 e 2022 irão integrar o elenco sub-23, que será acompanhado de perto por Abel Braga. Desta forma, os destaques do torneio podem, em breve, estar fazendo sua estreia no profissional.

Lance!
Publicidade
Publicidade