2 eventos ao vivo

Julgamento de Ganso preocupa Fluminense; Léo Santos será operado

5 abr 2019
18h39
  • separator
  • 0
  • comentários

O meia Paulo Henrique Ganso será julgado na próxima segunda-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva, do Rio de Janeiro. O jogador do Fluminense foi indiciado por "desrespeito à arbitragem" e "agressão física" e pode ser punido até com 360 dias de suspensão. Segundo o relato do árbitro Marcelo de Lima Henrique que apitou o Fla-Flu pela semifinal da Taça Rio, Ganso xingou, empurrou e ainda bateu no braço do quarto árbitro.

A diretoria do Fluminense está preocupada porque Ganso foi denunciado duas vezes no artigo 258 parágrafo 2 (conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva), cuja pena é de um a seis jogos de suspensão, e outras duas vezes no artigo 254-A (por agressão), que, pelo agravante de ser direcionada a um integrante da arbitragem, a pena mínima é de 180 dias de suspensão (parágrafo 3).

O departamento jurídico está trabalhando intensamente para tentar desqualificar as acusações e livrar o jogador mais importante de um elenco de uma punição que pode abreviar sua passagem pelo Tricolor das Laranjeiras.

Zagueiro Léo Santos será operado

O técnico Fernando Diniz não poderá contar com o zagueiro Léo Santos nos próximos três meses. Emprestado pelo Corinthians, o jogador será obrigado a operar o joelho direito, uma vez que foi constatada uma tendinite patelar. Os dois clubes chegaram a um acordo e a cirurgia vai acontecer em São Paulo e o responsável será o médico Joaquim Grava. A recuperação do jogador vai acontecer em São Paulo e o empréstimo, válido até 31 de dezembro, será mantido. Quando estiver recuperado, Léo Santos voltará ao Fluminense para cumprir o restante do acordo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade