PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Favoritar Time

Fluminense tem números inferiores à média da fase de grupos da Sul-Americana; veja estatísticas

Tricolor fez menos gols, arriscou menos chutes e deu menos assistências que outros clubes na fase de grupos da Sul-Americana

20 mai 2022 17h20
| atualizado às 17h20
ver comentários
Publicidade

A campanha do Fluminense na Sul-Americana começou com um sentimento de derrota. Após a eliminação na Libertadores para o Olimpia (PAR), o Tricolor foi realocado para a fase de grupos da competição. Ainda que pese a decepção no principal objetivo do ano, a torcida abraçou o novo desafio e o elenco era considerado um dos favoritos para chegar no mata-mata. Contudo, os jogos da primeira etapa foram suficientes para complicar a vida do Flu, que apresenta números inferiores em relação aos demais clubes que disputam o torneio continental.

Fluminense empatou com o Santa Fe-ARG na última rodada da Sul-Americana (Foto: Jose ALMEIDA / AFP)
Fluminense empatou com o Santa Fe-ARG na última rodada da Sul-Americana (Foto: Jose ALMEIDA / AFP)
Foto: Lance!

Até agora, o Flu disputou cinco jogos pela Sul-Americana, tendo marcado cinco gols e sofrido quatro. Na média da competição, os clubes balançaram a rede oito vezes e sofreram sete gols. Assim, o saldo positivo fica apenas com o setor defensivo. Na quantidade de chutes, o Tricolor também fica pra trás com 41 tentativas, versus 65 dos demais. Na taxa de conversão dos chutes, o time de Diniz tem 39% de aproveitamento, contra 43.6% no geral. Enquanto o Fluminense contou com três assistências neste tempo, os concorrentes tem uma média de cinco.

Por outro lado, o Fluminense supera os números de passes, com 2153 para o grupo e 1918 para os demais. Este dado pode também ser interpretado através da mudança de estilo de jogo do clube que, comandado por Diniz, aposta em passes curtos para quebrar as linhas dos adversários. Na quantidade de faltas sofridas, o Tricolor (74) também sofreu mais que outros times (72), embora a média de faltas cometidas (65) seja inferior em relação ao restante do torneio (79). A estatística mais equilibrada do clube é a de cartões amarelos, na qual o clube acumula 17 e os outros, 16. Os dados são do site oficial da competição.

No empate contra o Santa Fe-ARG, na última quinta-feira, o Fluminense também foi destaque negativo. O time fez três finalizações e nenhuma delas foram em direção à meta, assim como não criou chances. Os dados são do site "SofaScore". Desta forma, o grupo dificultou as chances que tinha de conquistar a classificação para a próxima etapa da Sul-Americana. Na última rodada da fase de grupos, o Tricolor precisa ganhar por 6 a 0 do Oriente Petrolero (BOL) e ainda torcer para um empate entre o Junior Barranquilla (COL) e os argentinos, que ocupam as duas primeiras colocações na tabela.

Lance!
Publicidade
Publicidade