1 evento ao vivo

Fluminense deve ter desmanche mesmo com permanência na Série A

3 dez 2018
11h43
atualizado às 11h43
  • separator
  • 3
  • comentários

Passada a vitória de 1 a 0 sobre o América-MG, que garantiu a permanência na elite do futebol nacional, o Fluminense já vai começar a planejar a próxima temporada. O elenco, porém, não deve resistir à queda de produção sofrida na reta final do Campeonato Brasileiro e provavelmente vai passar por um desmanche, com vários jogadores deixando o clube no fim do ano.

Uma saída certa é a do volante Richard, que está se transferindo para o Corinthians. O jogador, autor do gol que garantiu o triunfo sobre o América, já estava acertado com o clube paulista, porém, vinha tentando se manter alheio a negociações para manter o foco no time carioca.

Outro que vai ser negociado, mas neste caso com o Fluminense recebendo por isso, é o lateral-esquerdo Ayrton Lucas. O jogador está se transferindo para o Spartak Moscou da Rússia por 7 milhões de euros (aproximadamente R$ 32 milhões). O clube carioca conta com 50% dos direitos federativos do jogador e este dinheiro chegaria em boa hora, pois o plantel está com um mês do salário em carteira em atraso, além de cinco meses de atraso em direitos de imagem.

Mais antigo do atual elenco, o zagueiro Gum também revelou que deve deixar o clube. Ele chegou ao Tricolor em 2009 e conquistou o Campeonato Carioca de 2012, além do Campeonato Brasileiro em 2010 e 2012, sem contar a Copa da Primeira Liga de 2016.

"Pode ter sido meu último jogo com a camisa do clube e já chorei muito. Amei demais essa camisa e me entreguei muitas vezes acima do limite físico e mental. Combati o bom combate e nunca perdi a fé. A torcida não sabe da carga emocional que sofremos e ficou chateada com o time pela queda de rendimento na reta final. Os jogadores também ficaram chateados com a torcida pela cobrança. Mas estão todos de parabéns. Saio hoje com sentimento de amor ao clube e dever cumprido", disse Gum.

RENÚNCIA: Criado nas categorias de base, o atacante Marcos Júnior também não descartou a saída, já que tem contrato somente até o fim do ano. Ele, porém, causou polêmica ao sugerir que Pedro Abad renuncie ao cargo por conta de questões de pressão da torcida. "Para o bem dele e de sua família, Pedro Abad deveria deixar o clube", disse o jogador.

Em entrevista coletiva Abad disse que não poderia se posicionar sobre a declaração do jogador, pois não sabia o contexto com que esta frase foi dita: "Ele pode ter falado isso para o meu bem. Preocupado comigo. Mas me sinto apto a continuar".

O elenco do Fluminense foi liberado logo depois do jogo para o período de férias. Esta semana a diretoria começa a procurar um treinador para a vaga do demitido Marcelo Oliveira, demitido na quinta-feira da semana passada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 3
  • comentários
publicidade