PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

Felipe Melo rebate críticas em chegada ao Fluminense: 'Quem torce contra vai chorar no final do ano'

Volante foi sincero na primeira entrevista coletiva e afirmou que chega para jogar, além de exaltar o atacante Fred, que fez lobby por sua contratação

12 jan 2022 20h04
| atualizado às 21h06
ver comentários
Publicidade

Primeiro reforço a ser contratado pelo Fluminense para 2022, o volante Felipe Melo deu sua primeira entrevista coletiva como jogador do clube nesta quarta-feira, no CT Carlos Castilho. Sincerão, o jogador falou diversas vezes que quer ganhar títulos, exaltou a escolha pelo Tricolor e foi aberto sobre as críticas. Aos 38 anos, alguns torcedores questionaram a contratação, mas o veterano disse não ligar para isso.

- Eu chego para fazer, não para falar. Se for falar de idade, o repórter com 60 e poucos não pode trabalhar? Falar até papagaio fala. Cago e ando para quem é do contra. Com 38 anos tive ano passado o ano que vai joguei na carreira. A idade vem e ajuda com a experiência, claro que tenho que me cuidar. Mas quem me conhece sabe o quanto sou profissional. No último ano levantei duas Libertadores pelo profissionalismo, entrega dentro e fora de campo. Não tenho que dar resposta. Se o torcedor acha que sou velho, torça para outro. Quem torce contra vai chorar no final do ano como aconteceu antes - disse.

Felipe Melo concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Felipe Melo concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Foto: Lance!

O volante também deixou claro que chega ao Flu para jogar e não só ser uma referência para os jovens ao longo dos dois anos de contrato. Mesmo com mais idade, o atleta foi bastante utilizado. Pelo Palmeiras, onde estava desde 2017, fez 225 jogos e 13 gols, além de cinco títulos, levantando, ao lado de Gustavo Gómez, as duas últimas taças da Libertadores.

- É balela se eu falar que venho para fazer os jovens jogarem. Eu venho para jogar, para dar tudo pela camisa. Com a minha experiência de me posicionar dentro de campo, o treinador tem um certo limite, passou um pouco e somos nós. Não importa a idade, você vai ser cobrado. De repente pela minha experiência posso posicionar um ou outro, puxar a orelha e também eles vão me cobrar, pois posso errar. Essa é a mescla. Isso que o Fluminense espera de mim, que de o melhor em campo e conversar fora para ter uma vida de atleta.

O Fluminense não ganha um título desde 2016, quando faturou a Primeira Liga. Se tratando de taças ainda relevantes, as últimas foram em 2012, com o próprio Abel Braga, quando o Tricolor levantou o Campeonato Brasileiro e o Carioca. Mesmo assim, Felipe Melo disse acreditar em uma grande campanha do clube em 2022. A equipe disputará o Estadual, Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores.

- Sou um cara que gosto de trazer à memória o que me dá esperança. Posso citar o Leicester, que era desconhecido e no meio de grandes feras venceu o Inglês. Imagina o Fluminense, que é um grande clube. Temos que almejar títulos, subir nosso patamar. Se antes o time brigava para se classificar, agora tem que vencer a Libertadores. Venho para agregar e junto do grupo brigar por títulos. Tudo que não for isso vai ser uma falha. Tenho a minha fé e respeitando a fé de todos, sirvo ao Deus do impossível. Vamos trabalhar bastante. Sonhar, profetizar e realizar. Basta ir a campo, treinar e vamos fazer acontecer. Espero brigar por títulos.

Um jogador que fez coro pela contratação do meio-campista foi o atacante Fred. Depois de terem se enfrentado algumas vezes na Europa, os dois viram companheiros de equipe. Felipe Melo exaltou o capitão tricolor, que vai se aposentar em 2022 e tem contrato até julho.

- Jogar com um cara que tem uma liderança é bom, porque dividimos. Passei por diversos clubes que tinham vários capitães, mas não tinham liderança. O verdadeiro líder não é quem leva a faixa, mas carrega várias outras coisas. Vejo o Fred como capitão dentro e fora, dá atenção a todos, atletas, funcionários. Não é fácil, chegou para dividir. É um cara que teve a oportunidade de jogar diversas vezes contra e agora vai ser bom dividir vestiário. Espero que o Fluminense saia vitorioso - completou.

Lance!
Publicidade
Publicidade