PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

Em nota, Flu concorda com adiamento de jogo da Libertadores

Clube disse que "aceitou prontamente" o pedido do Cerro Porteño, motivado pela morte do filho do técnico do time paraguaio, Francisco Arce

19 jul 2021 15h52
| atualizado às 17h01
ver comentários
Publicidade

O Fluminense teve adiado nesta segunda-feira seu jogo contra o Cerro Porteño, que estava marcado para ocorrer nesta terça, no Rio. A Conmebol acatou pedido do clube paraguaio após a morte do filho do técnico Francisco Arce, ocorrida neste último fim de semana.

Franscisco Arce, que teve o seu filho de 20 anos morto em um acidente automobilístico
Franscisco Arce, que teve o seu filho de 20 anos morto em um acidente automobilístico
Foto: Jorge Adorno/Reuters

O clube carioca emitiu uma nota oficial após a confirmação do adiamento. O Fluminense destacou que "aceitou prontamente" o pedido do adversário e que "lamenta profundamente o falecimento de  Alexsandro Javier Arce, filho de "Chiqui" Arce, técnico do Cerro Porteño, em um acidente automobilístico no Paraguai". "O clube deseja muita força aos familiares e amigos neste momento tão difícil", completou.

Alexandro Javier Arce, de 20 anos, sofreu um grave acidente de carro e não resistiu aos ferimentos. A batida aconteceu em Luque. De acordo com a imprensa local, por volta de 6h30 (horário local). Os bombeiros chegaram rapidamente ao local, mas a vítima já se encontrava sem sinais vitais.

A Conmebol alterou a data do confronto de volta das oitavas de final para o dia 3 de agosto, às 19h15, no Maracanã. Os tricolores podem perder por um gol de diferença que avançam na competição, pois venceram o confronto de ida do mata-mata, na semana passada, por 2 a 0, em Assunção.

Com o adiamento do duelo pela Libertadores, o Fluminense só voltará a jogar no próximo sábado, quando enfrentará o Palmeiras, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade