PUBLICIDADE
Logo do Fluminense

Fluminense

Favoritar Time

Em noite de golaços, Fluminense vence e confirma queda do Coritiba

25 nov 2023 - 23h01
(atualizado em 26/11/2023 às 06h04)
Compartilhar
Exibir comentários

Decisivos, Cano e John Kennedy voltaram a estufar a rede pelo Brasileirão. Nesse sentido, o Fluminense bateu o Coritiba por 2 a 1 no Maracanã, pela 35ª rodada. O argentino marcou pela trigésima nona vez na temporada em um dos melhores momentos de sua carreira. Além dele, o camisa 9 voltou a acertar de fora da área, enquanto Jesé Rodríguez descontou. A equipe carioca, agora, soma 53 pontos na sétima posição, enquanto o time do Alto da Glória estacionou nos 29 e está matematicamente rebaixado.

Na próxima rodada, o Tricolor visita o Santos na quarta-feira (29), às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro. O Coritiba, por sua vez, entra em campo no mesmo dia, porém às 21h30 (de Brasília), contra o Botafogo, no Couto Pereira.

Cano foi novamente decisivo em vitória do Fluminense sobre o Coritiba, no Maracanã –
Cano foi novamente decisivo em vitória do Fluminense sobre o Coritiba, no Maracanã –
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC / Jogada10

+ Leia mais: Atuações do Fluminense: Cano e John Kennedy decisivos

Paredão tricolor

No primeiro lance da partida, John Kennedy apostou na velocidade pela direita, levantou a cabeça e rolou para a área. Assim, Cano se movimentou bem, porém pegou mal e mandou por cima. Na sequência, os visitantes tentaram abrir o placar em cobrança de falta de Victor Luís. O lateral foi para a cobrança, mas a bola passou perto da meta de Fábio. Em outra boa chegada do Coxa, Andrey cobrou escanteio, enquanto Sebastián Gómez obrigou Fábio a espalmar.

Chance lá… e cá

Aos 25, Felipe Melo se sentiu mal em virtude de uma gripe e deixou o campo para a entrada de Isaac. Neste momento, o Tricolor tinha dificuldades para incomodar o adversário, mas viu os visitantes assustarem. Victor Luís cruzou para a área e Diogo Oliveira ajeitou para Sebastián Gómez chutar de primeira para fora. Do lado oposto, John Kennedy recebeu, girou sobre o defensor e chutou, contudo Kusevic bloqueou para escanteio.

Sempre ele

Ainda no primeiro tempo, Isaac quase aproveitou o cruzamento na área, mas parou em Lucas Polli. Quando tudo parecia caminhar para um empate nos primeiros quarenta e cinco minutos, Cano apareceu. O argentino recebeu e de fora da área emendou uma finalização no ângulo para a abrir o placar.

Trave balança

Na etapa final, John Kennedy recebeu de Marcelo, driblou o adversário e finalizou com precisão. A bola, porém, tocou no pé da trave. O Coritiba não aparentava mais qualquer reação, então o Fluminense acertou o poste novamente. Após escanteio cobrado por Marcelo, Arias cabeceou a bola tocou na trave.

Verdadeiro Golaço

No meio, Jhon Arias fez boa jogada e encontrou John Kennedy com liberdade. O camisa 9 ajeitou o corpo e emendou um balaço de fora da área para ampliar o marcador. Com mais liberdade e atuando no meio de campo, Marcelo mostrou toda sua qualidade com bons passes, que fizeram o Tricolor pressionar o adversário.

Inacreditável

O Fluminense errou na saída de bola, com Jhon Arias, mas os visitantes não aproveitaram a chance. O colombiano perdeu o domínio da bola, que na construção da jogada sobrou para Bruno Gomes. O volante, entretanto, tinha a meta livre para marcar, mas acertou o travessão.

Coxa desconta

No fim, os visitantes conseguiram descontar com Jesé Rodríguez. O jogador recebeu na entrada da área e bateu para o gol, mas a bola tocou em Lelê e estufou a rede de Fábio. No fim, Lelê teve uma chance, mas mandou por cima, o que também aconteceu com Jesé aos 50 minutos.

FLUMINENSE 2 X 1 CORITIBA

35ª rodada do Brasileirão Série A

Data e horário: 25/11/2023 às 21h (de Brasília)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Renda: R$ 766.931,00

Público: 19,919

FLUMINENSE: Fábio; Guga, Felipe Melo (Isaac, 25'/1ºT), Nino e Marcelo (Diogo Barbosa, 30'/2ºT); André, Daniel (Lelê, 30'/2ºT) e Lima (Ganso, 30'/2ºT); Arias, John Kennedy (Giovanni Marson, 38'/2ºT) e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Coritiba: Lucas Polli; Natanael, Kusevic, Thalisson Gabriel e Victor Luis; Andrey (William Farias, 32'/2ºT), Bruno Gomes e Sebastián Gómez (Matheus Bianqui, 23'/2ªT); Maurício Garcez (Jesé, 32'/2ºT), Diogo Oliveira (Gabriel Silva, 23'/2ºT) e Kaio Cézar (Hayner, 38'/2ºT). Técnico: Thiago Kosloski.

Gols: Cano, 45'/1ºT (1-0); John Kennedy, 17'/2ºT (2-0); Jesé Rodríguez, 44'/2ºT (2-1)

Árbitro: Matheus Delgado Candancan (SP)

Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa-SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)

Cartões Amarelos: Felipe Melo, Lima (FLU); Sebastán Gómez, Diogo Oliveira (CFC)

Cartões Vermelhos: -

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade