0

Decisivo, João Pedro exalta trabalho de Fernando Diniz no Fluminense

Jovem atacante marcou o gol de empate do tricolor diante do Cruzeiro

16 mai 2019
00h37
atualizado às 00h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O Fluminense não se abalou com a derrota para o Botafogo, no clássico válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e nem com o gol de Pedro Rocha na única chance que o atual campeão Cruzeiro teve ao longo dos 90 minutos na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Maracanã. O time do técnico Fernando Diniz reagiu e arrancou o empate por 1 a 1 aos 48 minutos do segundo tempo com o garoto João Pedro, de apenas 17 anos.

"A gente trabalha para isso. Fui feliz no último minuto e consegui fazer o gol. Ele (Fernando Diniz) falou para eu acreditar até o final, que iria fazer o gol. Deu certo", disse o atacante, na saída do gramado.

Allan também elogiou o trabalho desenvolvido pelo comandante do Fluminense. "Fernando (Diniz) é sem palavras. Baita treinador. O que ele implementou, a gente está entendendo. Estamos no caminho certo. Não podemos deixar cair. Vamos colher bons frutos", disse o meio-campista, que viu com bons olhos o empate na partida de ida. "Mais do que merecido este empate no final. Jogamos bem. Procuramos sempre fazer o gol. Tivemos uma infelicidade e o Pedro Rocha marcou. Não deixamos cair. Seguimos em cima", completou.

A partida de volta será em 5 de junho, no Mineirão. O vencedor do jogo avançará na Copa do Brasil. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis. Antes, porém, o Fluminense terá mais um desafio pelo Brasileirão e justamente contra o Cruzeiro. Com apenas três pontos, na modesta 15ª colocação, o clube carioca vai reencontrar o time mineiro no Maracanã neste sábado, às 18 horas, pela quinta rodada.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade