PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

De olho na Libertadores, Flu joga por empate contra Portuguesa por vaga na final

o primeiro jogo, no estádio Luso Brasileiro, os times empataram por 1 a 1

9 mai 2021 12h04
| atualizado às 12h05
ver comentários
Publicidade

O Fluminense prioriza a Copa Libertadores, mas também quer chegar à final do Campeonato Carioca. Para isso, joga pelo empate com a Portuguesa neste domingo, às 16h, no duelo de volta das semifinais do Estadual. Roger Machado deve novamente escalar a equipe apenas com reservas.

A Libertadores é prioridade. Mas o Fluminense não admite ficar fora da decisão do Estadual. No primeiro jogo, no estádio Luso Brasileiro, os times empataram por 1 a 1. Como fez melhor campanha na fase inicial, o time tricolor tem a vantagem de jogar pela igualdade para avançar.

Roger Machado deve repetir o que fez há uma semana e descansar todo o time titular, ou boa parte dele, no duelo do Maracanã. Os mais experientes, como Luccas Claro, Nenê e Fred, muito provavelmente ganharão um descanso depois de o elenco enfrentar uma odisseia antes de empatar com o Junior Barranquilla, com direito à mudança de rota e viagem à Colômbia e, depois ao Equador, local para onde foi remarcada a partida devido a protestos contra o governo colombiano.

E a folga para os principais atletas se torna ainda mais necessária tendo em vista que o Fluminense tem novo compromisso pela Libertadores na próxima quarta-feira, diante do Santa Fe, da Colômbia, no confronto em que o time de Rocher Machado, líder do Grupo D, pode encaminhar a vaga às oitavas de final.

A ideia do treinador é poupar peças contra a Portuguesa sem mexer no desempenho e na maneira de atuar. É usar novos atletas com o mesmo espírito vitorioso e ofensivo dos últimos jogos. E sem levar sustos.

Com isso, devem ganhar uma nova chance jogadores como Manoel, Matheus Ferraz, Wellington, o jovem Gabriel Teixeira e o experiente meio-campista Paulo Henrique Ganso. Na frente, Abel Hernández e Bobadilla disputam a vaga de centroavante. O uruguaio, que marcou o gol da equipe no jogo de ida, é o mais cotado para começar entre os titulares.

Dona da melhor defesa do Estadual, com somente nove gols sofridos, a Portuguesa terá de ter mais atenção ao ataque para conseguir a classificação, uma vez que precisa da vitória para chegar à final. A proposta de jogo prevê atacar por meio de contragolpes, repetindo o que deu muito certo justamente contra o Fluminense na fase de grupos, quando venceu por 3 a 0.

A Portuguesa, aliás, ainda bateu o Vasco e empatou com Botafogo e Flamengo. A meta, portanto, é manter a invencibilidade contra os grandes com um triunfo diante do Flu neste domingo.

Estadão
Publicidade
Publicidade