PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

Ao L!, Nonato exalta disputa de volantes no Fluminense, quer vaga na Libertadores e elogia Marcão

Volante vem sendo titular por conta de lesões e suspensões, mas correspondeu quando ganhou a confiança do treinador

23 set 2021 06h03
| atualizado às 06h03
ver comentários
Publicidade

Uma das contratações para a atual temporada, o volante Nonato chegou ao Fluminense para suprir uma necessidade de mais opções na posição. Quase dois meses depois de ser anunciado, o jogador ganhou sequência nas últimas partidas, especialmente por conta dos desfalques, e se destacou. Em entrevista ao LANCE!, o ex-Internacional ressaltou a qualidade dos concorrentes Martinelli, Yago Felipe, André e Wellington.

Nonato teve um gol anulado na partida entre Fluminense e Cuiabá (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Nonato teve um gol anulado na partida entre Fluminense e Cuiabá (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Foto: Lance!

- Desde que eu cheguei, até antes, quando eu acompanhava os jogos do Fluminense pela TV, eu sabia que no meu setor tinha jogadores de muita qualidade e esse foi um dos fatores que me fizeram vir pra cá, porque o time é muito qualificado. A gente sabe que a concorrência sadia sempre vai ter, isso é até bom porque todos evoluem, todos acabam crescendo como atletas e como pessoas, e isso não só para nós, mas como pro Fluminense, é benéfico - disse.

Nonato quase fez seu primeiro gol pelo Flu no empate por 2 a 2 com o Cuiabá, mas acabou tendo o lance anulado em decisão que gerou reclamações de Marcão e do ídolo Thiago Silva. O jogador, porém, deu a assistência para Luiz Henrique abrir o placar logo nos minutos iniciais. Desde que estreou, no fim de agosto, são oito partidas, a metade como titular.

Com as eliminações na Libertadores e na Copa do Brasil, ambas nas quartas de final, o Fluminense agora tem apenas o Campeonato Brasileiro pela frente. A equipe está em oitavo, com 29 pontos, e sonha em retornar à competição continental na próxima temporada. Vale lembrar que as chances de G7, G8 e até um G9 são grandes caso brasileiros vençam a Liberta e a Sul-Americana, além do campeão da Copa do Brasil estar entre os primeiros.

- A gente sabia que na Copa do Brasil os adversários seriam muito qualificados, como era o Atlético-MG. Demos o nosso melhor, infelizmente não foi o suficiente, mas a gente sabe do potencial da nossa equipe e que vínhamos numa sequência boa no Brasileiro e não podemos deixar isso cair. Temos que virar a chave e focar na briga na parte de cima da tabela. Estamos próximos da zona de classificação para a Libertadores e nosso objetivo é terminar o campeonato no grupo de cima - avaliou.

Mesmo contratado em julho, Nonato demorou quase um mês até fazer a estreia pelo Flu, o que aconteceu justamente no primeiro jogo de Marcão como treinador, no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG. O jogador elogiou o treinador, que chegou às 15 partidas de invencibilidade no Brasileirão, somando as campanhas desta e da última temporada.

- O Marcão é uma pessoa e um profissional que dispensa comentários, um cara muito trabalhador que, sempre que pode, está falando comigo, me dando dicas de posicionamento, me auxiliando taticamente durante o jogo e nos treinos. Essa característica dele é importante pra gente evoluir, porque o grupo tem um carinho muito grande por ele e todos respeitam a palavra dele. É por isso que ele é tão querido no Rio de Janeiro - exaltou.

Recentemente o Flu perdeu Nene, que decidiu rescindir o contrato para retornar ao Vasco. Com isso e a lesão de Paulo Henrique Ganso, o setor de criação ficou desfalcado, apenas com Cazares como meia de origem. Nonato, porém, tem ajudado também nesta função com a formação de Marcão que tem um tripé no meio-campo.

- Eu me considero um jogador versátil, que consegue atuar ali tanto na parte de marcação quanto de construção de jogadas. Eu consigo variar nessas duas funções durante toda partida e fazer o que o Marcão requisitar pra mim. De acordo com cada partida, vou procurar fazer o meu melhor. Não tenho preferência de posição, pois nos meus outros clubes eu atuei dessa forma também. Então nunca tive problemas em dar continuidade no trabalho dessa forma - explicou.

O Fluminense de Nonato volta a entrar em campo no próximo domingo, quando recebe o Red Bull Bragantino às 16h no Maracanã. A equipe terá a volta de André, que cumpriu suspensão, mas vê entre os volantes uma competição em alto nível para os momentos decisivos da temporada.

Lance!
Publicidade
Publicidade