1 evento ao vivo

Thuler confirma que é mais um caso de covid no Flamengo; outros jogadores teriam testado positivo

Domènec Torrent e Everton Ribeiro estariam entre as pessoas do clube que viajaram para jogos no Equador e voltaram com covid-19

24 set 2020
00h55
atualizado às 00h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O zagueiro Matheus Thuler confirmou que é mais um a testar positivo para o novo coronavírus no time do Flamengo. Segundo site globoesporte.com, já seriam 27 casos positivos na delegação do clube que viajou ao Equador para dois jogos pela Copa Libertadores, e o meia Everton Ribeiro e o técnico Domènec Torrent também teriam testado positivo.

"Como vocês sabem, eu testei positivo para Covid-19, mas estou bem e tomando todos os cuidados para, em breve, retornar aos gramados. Obrigado pelas mensagens de carinho!", escreveu Thuler nas redes sociais.

O Flamengo foi ao Equador para enfrentar Independiente del Valle (foi goleado por 5 a 0) e o Barcelona de Guayaquil (venceu por 2 a 1). Antes do segundo jogo da viagem, diversos atletas já haviam testado positivo, mas o clube aceitou entrar em campo. Agora, tenta adiar a partida contra o Palmeiras, marcada para o próximo domingo, por conta do alto número de casos no elenco.

O time desembarcou no Rio de Janeiro nesta quarta-feira. Nos testes de contraprova, foi confirmado que Domènec Torrent tinha o coronavírus; o treinador está assintomático e se encontra isolado em sua casa no Rio de Janeiro. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim e o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, também estariam entre os casos positivos, assim como outros cinco membros da comissão técnica.

No elenco, os zagueiros Léo Pereira, Gustavo Henrique, Thuler e Rodrigo Caio, o lateral-esquerdo Renê, os volantes Willian Arão e João Gomes, o meia Everton Ribeiro e o goleiro Gabriel Batista também foram confirmados como infectados nos exames feitos nesta quarta-feira. No total, são 16 casos entre os jogadores.

Por outro lado, o atacante Pedro e o volante Thiago Maia tiveram resultado negativo, assim como os auxiliares de Domènec, Jordi Guerrero, Jordi Gris e Julian Jimenez.

A CBF considera que não será possível adiar o jogo com o Palmeiras, já que o protocolo prevê seguir em frente em situações do tipo e outros clubes, nas quatro divisões do futebol brasileiro, não tiveram partidas adiadas mesmo com grande número de casos. O Palmeiras também já se manifestou contra o adiamento da partida. Novos testes devem ser realizados antes da partida de domingo.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade