PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Renato Gaúcho garante Flamengo totalmente diferente para a final da Libertadores: 'Acostumado a vencer'

Treinador também destacou que deixar a vitória escapar não preocupa; de acordo com ele, faltou entrosamento da equipe na partida desta noite

24 nov 2021 00h07
| atualizado às 01h01
ver comentários
Publicidade

Na noite desta terça-feira, o Flamengo, que teve um homem a mais durante boa parte do segundo tempo, empatou em 2 a 2 com o Grêmio, pela segunda rodada do Brasileirão. Apesar de ter deixado a vitória escapar, o técnico Renato Gaúcho não acredita que o resultado é uma preocupação para a final da Libertadores. O treinador lembrou que faltou entrosamento ao time e garantiu que a equipe que enfrentará o Palmeiras será totalmente diferente.

Renato Gaúcho é o técnico do Flamengo (Foto: Ricardo Rimoli/LANCEPRESS!)
Renato Gaúcho é o técnico do Flamengo (Foto: Ricardo Rimoli/LANCEPRESS!)
Foto: Lance!

- Não preocupa, às vezes é falta de entrosamento também, jogando com uma equipe diferente. A falta de entrosamento é uma coisa normal. Isso não me preocupa porque a equipe do próximo jogo, do dia 27, é uma equipe totalmente diferente, acostumada a vencer, uma equipe mais experiente. A minha confiança é total nessa equipe que vai enfrentar o Palmeiras - disse.

A final da Libertadores, vale destacar, é o próximo compromisso do Flamengo. O Rubro-Negro enfrenta o Palmeiras já neste sábado, às 17h, no Estádio Centenário, em Montevidéu. Renato falou sobre a preparação do grupo e disse que todos os jogadores que estavam no Departamento Médico foram recuperados e estarão à disposição.

- Quanto a preparação, a gente fez tudo o que nós poderíamos fazer para que a gente tivesse um grupo no próximo dia 27 com todo mundo à disposição. Acho que a gente conseguiu recuperar os jogadores que estavam entregues ao Departamento Médico, jogadores que, de repente, ainda não estão 100%, mas acho que o mais importante de tudo é que estão recuperados e estão à disposição - contou.

PARTIDA CONTRA O GRÊMIO

- O jogo foi bom, foi pegado, disputado até porque não poderia ser diferente. O Grêmio está em uma situação difícil no campeonato, é uma equipe competitiva, criou. Conseguimos fazer dois gols, mas, infelizmente, cedemos o empate com um jogado a mais. Campeonato Brasileiro é assim mesmo, não tem jogo fácil.

TORCIDA DO GRÊMIO PEDIU PARA ALIVIAR. FLAMENGO ALIVIOU?

- Isso é um tipo de pergunta que me ofende porque eu sou profissional. Eu trabalho num grande clube, da mesma forma que é o Grêmio. A minha equipe sempre vai jogar para vencer, foi o que aconteceu hoje. Uma pergunta dessa está desrespeitando o profissional. O jogo foi bastante pegado, poderíamos ter vencido.

VOCÊ TAMBÉM PODE CHEGAR AO TRI:

- Muito feliz. Poucos treinadores têm essa oportunidade, poucos grupos têm a oportunidade de ganhar o tri da Libertadores também. Então, estou muito feliz por tentar conquistar o tricampeonato da mesma forma que o grupo do Flamengo. Todos nós estamos bastante ansiosos para que chegue logo o sábado. Sabemos que, do outro lado, vamos encontrar uma equipe muito forte, mas é uma oportunidade que a gente tem. Estamos trabalhando para que isso aconteça.

Lance!
Publicidade
Publicidade