PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Renato classifica Brasileirão como 'bagunçadinho' e fala sobre Data Fifa: 'Único prejudicado é o Flamengo'

Treinador argumentou que Internacional, Palmeiras e Atlético-MG tiveram apenas um jogador convocado para a Data Fifa

6 out 2021 23h40
| atualizado em 7/10/2021 às 01h56
ver comentários
Publicidade

Após o empate do Flamengo com o Red Bull Bragantino por 1 a 1, no estádio Nabi Abi Chedid, nesta quarta-feira, em partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão, o técnico Renato Gaúcho não poupou críticas à Data Fifa. Vale lembrar que, para o confronto desta noite, o treinador não pode contar com oito jogadores, sendo quatro deles por convocações para as Seleções.

Nesse sentido, Renato Gaúcho admitiu que faltou entrosamento para o time do Flamengo que foi composto por alguns reservas e, em uma longa explicação, destacou que o único prejudicado pelo não adiamento das partidas durante a data Fifa é o Rubro-Negro. De acordo com Renato, isso acontece porque o clube da Gávea teve quatro convocados, enquanto os demais tiveram um.

- É um problema que a gente vem comentando nos últimos dias. É lógico que a gente tem um grupo bom, justamente montamos esse grupo para disputar as três competições. O que a gente peca bastante nesses jogos é a falta de entrosamento. Então, vejo muita gente comentando que o Atlético-MG, Internacional, o próprio Palmeiras foram prejudicados também... A pergunta que eu faço para essas pessoas é: prejudicados no que em relação ao Flamengo? Se o Flamengo tem um jogador convocado, tudo bem, mas o Flamengo tem quatro. Então, não venha me falar que Internacional, Atlético e Palmeiras também estão sofrendo. Estão sofrendo por causa de um jogador, o Flamengo está sofrendo por causa de quatro jogadores.

- Então, não estou aqui para ir contra uma CBF, para ir a favor do Flamengo, até porque a favor do Flamengo eu vou sempre. Agora, são as Datas Fifa. Tem gente lá na CBF que tá falando e não está cumprindo. E quem é o prejudicado é o Flamengo por ter quatro jogadores na Seleção. Da próxima vez convoque apenas um jogador, aí fica igual para todo mundo. Hoje, a gente viu um Bragantino valente, o Flamengo também foi valente. Foi um jogo pegado, difícil, falta de entrosamento, de um jogador da posição, é lógico que nós queríamos a vitória, mas é sempre difícil jogar aqui.

- Agora, falar que as duas equipes também foram prejudicadas, aí é demais. Da próxima vez convoque quatro do Flamengo, quatro do Palmeiras, quatro do Atlético e quatro do internacional. Os únicos beneficiados nessa história toda são os beneficiados do Flamengo e quem tá brigando pelo título que tem apenas um jogador.

- É muito simples, para quem enxerga e entende futebol, o discurso é esse: o único prejudicado na história, e não é porque sou treinador do Flamengo, é o Flamengo, que está com quatro jogadores (nas Seleções). Eu, se estivesse no lugar do Atlético, também gostaria de disputar o campeonato, sabendo que o clube que está brigando pelo título tem quatro jogadores na Seleção.

Renato falou de desfalques (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Renato falou de desfalques (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Foto: Lance!

Ainda com desfalques e com a necessidade de vencer para colar na liderança, o Flamengo volta a campo no próximo sábado, às 19h, contra o Fortaleza, no Castelão. A partida é válida pela 25ª rodada do Brasileirão e terá transmissão em tempo real do LANCE!.

Veja outros trechos da coletiva de Renato Gaúcho:

TIME ALTERNATIVO NÃO CONSEGUE VINGAR

- A gente não tem tempo nem para descansar, nem para dormir direito, a gente vive dentro de hotel e avião. A gente não tem uma pré-temporada, agora seria o prazo, com os jogos da Seleção nós teríamos um tempo para que a gente treinasse um pouco mais, mas o campeonato não parou. Tem equipes que jogam uma vez por semana, tem equipes que jogam duas vezes por semana, o Flamengo joga três vezes por semana, o Flamengo não para, o Flamengo tem três competições. Tem tempo para quê? Os jogadores mal tem tempo para ver suas famílias.

- Então, infelizmente isso é Brasil, isso é Campeonato Brasileiro. Aí, depois, tenho que escutar as pessoas falando que o Flamengo não se interessa em ganhar o Campeonato Brasileiro. O Campeonato Brasileiro, cá para nós, está bem bagunçadinho. Mas, mesmo assim, a gente acredita ainda, vamos continuar lutando e brigando, porque a gente quer ganhar também, mas dessa forma fica um pouco difícil.

DIFICULDADE NA CRIAÇÃO

- É um problema que a gente vai ter. Nós temos alguns jogadores que estão convocados, alguns jogadores entregues ao departamento médico. Então, muitas vezes, você precisa improvisar, coisa que eu não gosto. É lógico que esse jogador não vai render o que ele sabe numa posição que não seja a dele, mas, mesmo assim, a gente enfrentou uma grande equipe, é difícil jogar contra o Bragantino seja aqui, seja fora. A equipe lutou, brigou. Infelizmente, o Artur acertou aquele chute de fora da área, indefensável até porque a equipe, até aquele momento, estava bem.

ESTRATÉGIA

- Costumo treinar minhas equipes sempre em busca da vitória, independente de quem seja o adversário, a gente respeita, mas tenho na minha cabeça desde a época que eu era jogador que, no momento que você joga para ganhar, está muito mais próximo da vitória do que da derrota. Agora, não estou reclamando das ausências, o que eu estou reclamando é a falta de entrosamento e, muitas vezes, a falta de um jogador da posição. É um jogo (contra o Bragantino) sempre muito difícil, mas o adversário também quer vencer. Tecnicamente, por parte do Flamengo não foi um jogo bonito, mas, em compensação, não faltou luta, não faltou vontade por parte do meu time.

Lance!
Publicidade
Publicidade