0

Gabigol reclama de expulsão na final do Carioca: 'Desrespeito com o meu trabalho'

Atacante recebeu segundo amarelo por juiz considerar que ele estava fazendo cera na hora de ser substituído

12 jul 2020
21h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O primeiro jogo da final do Campeonato Carioca foi marcado por uma polêmica nos instantes finais, no Maracanã. Quase aos 48 minutos do segundo tempo, o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães expulsou o atacante Gabriel Barbosa, causando a irritação do elenco e da comissão técnica do Flamengo. Horas depois, o próprio jogador se manifestou nas redes sociais para reclamar da inesperada exclusão.

"Assim... Simplesmente assim tira você de uma final! Desrespeito com seu trabalho, com sua equipe e com sua família que torce por você em cada jogo. Um pouco de respeito e responsabilidade por favor!", publicou o atacante, em seu perfil no Instagram.

Gabriel foi expulso, segundo a decisão do árbitro, por demorar para deixar o gramado na última substituição do Flamengo na partida. Ele seria trocado pelo zagueiro Léo Pereira, que não chegou a entrar no jogo, finalizado com vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Fluminense.

Como o atacante já tinha levado cartão amarelo, a segunda advertência resultou no cartão vermelho. Por consequência, Gabriel será desfalque certo no Flamengo para o segundo jogo da final, na quarta-feira, novamente no Maracanã.

A expulsão, e a consequente suspensão para a finalíssima, também foram atacadas pelo técnico Jorge Jesus. "Parabéns às duas equipes. Não dá para perceber (entender) a expulsão do Gabigol, é uma coisa de loucos", declarara o treinador português em entrevista à FLA TV.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade