PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Favoritar Time

Flamengo visita o Tolima nas oitavas da Libertadores sem Dorival Jr. e desfalcado de nove jogadores

Torcedor dá força ao elenco no embarque, mas ainda espera uma boa apresentação na temporada após demissão do técnico Paulo Sousa

29 jun 2022 - 13h10
(atualizado às 13h10)
Ver comentários
Publicidade

Em meio à desconfiança dos torcedores e com vários desfalques, o Flamengo entra em campo nesta quarta-feira pelas oitavas de final da Copa Libertadores precisando mostrar mais futebol e pontaria. O time deve uma apresentação de gala para sua torcida faz tempo. Tem feito algumas boas apresentações, mas ainda deve. O jogo de ida contra o Tolima-COL está marcado para as 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, na Colômbia.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, também às 21h30, no Maracanã, no Rio. O classificado embolsa uma premiação de R$ 7,8 milhões e vai enfrentar quem passar do confronto entre Corinthians e Boca Juniors-ARG - nesta terça, no jogo de ida, em São Paulo, houve empate sem gols.

Flamengo terminou preparação na Colômbia para encarar o Tolima
Flamengo terminou preparação na Colômbia para encarar o Tolima
Foto: Divulgação/CRF / Estadão

Apesar de ter goleado o América-MG por 3 a 0, no último fim de semana, o Flamengo ainda não está em paz com seus torcedores, mas que foram ao Aeroporto Internacional do Rio na segunda-feira no embarque da delegação rubro-negra passar confiança ao elenco de Dorival Júnior. A delegação, inclusive, viajou desfalcada de nove jogadores. Os goleiros Diego Alves, Matheus Cunha e Kauã, o zagueiro Fabrício Bruno, os volantes Willian Arão e Daniel Cabral e o meia Matheus França testaram positivo para a covid-19 e ficaram no Brasil. O zagueiro Rodrigo Caio, com tendinite no joelho esquerdo, e o volante João Gomes, suspenso, são outras baixas.

Na Colômbia, Dorival Júnior recebeu a notícia de que não vai poder comandar o Flamengo na beira do gramado porque foi punido pela Conmebol com uma partida de suspensão por causa de atitudes antidesportivas na época que ainda estava no Ceará, em jogo válido pela Copa Sul-Americana. O filho do treinador e auxiliar Lucas Silvestre será o substituto. É mais um problema para o Flamengo na Libertadores.

Adversário do Flamengo, o Tolima entra em campo querendo apagar o que aconteceu no último domingo, quando ganhou do Atlético Nacional por 2 a 1, em casa, mas ficou com o vice do Apertura do Campeonato Colombiano por ter perdido na ida por 3 a 1. O time faz temporadas razoáveis e não é mais um time desprezível, como foi rotulado depois de superar o Corinthians em edição passada da Libertadores.

Existe a possibilidade de o técnico Hernán Torres ter problemas na escalação por causa do desgaste físico. Jogadores como Marulanda, Ibargüen e Lucumi seriam reavaliados no departamento médico antes de um diagnóstico final.

Estadão
Publicidade
Publicidade