0
Logo do Flamengo
Foto: terra

Flamengo

Flamengo visita Atlético-MG em choque de "iguais" no Brasileirão

12 ago 2017
20h03
atualizado em 13/8/2017 às 10h03
  • separator
  • comentários

O próximo domingo apresentará um duelo entre dois times que geraram muita expectativa na temporada e que entregaram muito pouco até aqui. "Apenas" com o título em seus respectivos estaduais, Atlético-MG e Flamengo se enfrentam às 16h(de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), em confronto válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Chance de título na competição é algo bem remoto para ambos. O Rubro-Negro soma 29 pontos e será dirigido mais uma vez pelo interino Jayme de Almeida, que está provisoriamente na vaga de Zé Ricardo, demitido após o revés de 2 a 0 para o Vitória no domingo passado. A ordem é se manter no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, e para isso o time ganhou novo fôlego com a goleada por 5 a 0 sobre o Palestino, do Chile, que rendeu a classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Com 23 pontos, o Galo está mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-6 e junta os cacos após a derrota de 2 a 0 para o Grêmio, na rodada passada, e o empate sem gols com os bolivianos do Jorge Wilstermann, que custou a eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores.

Os dois treinadores procuram tratar com o momento de seus times com naturalidade. "Temos que jogar com o pensamento de que podemos fazer o nosso melhor e derrotar o grande time do Atlético Mineiro na casa deles. A tarefa não é fácil, mas nós sabemos que existe qualidade para isso", disse Jayme.

Rogério Micale, comandante do Galo, sabe que é preciso reagir rapidamente. "Ninguém gostou da eliminação na Copa Libertadores, que era um objetivo. Mas temos que reagir rapidamente, pois o Campeonato Brasileiro está logo aqui. É um momento de oscilação em um clube que se acostumou a ganhar e que todos esperam que ganhe muito. Mas não pode acabar o mundo ou existir terra arrasada. O momento é delicado, mas só nós podemos sair dessa situação", declarou Micale.

"Os jogadores são esses, as pessoas que estão aqui trabalhando já demonstraram que são excelentes profissionais. É um momento que o clube vive e que precisamos passar por ele. Precisamos achar um meio para que tudo funcione, os jogadores são esses, não vai mudar. Eu estou no barco e acredito que a gente pode fazer algo, pois fazemos o melhor, que é trabalhar", acrescentou.

Os jogadores do Galo, porém, chamam a responsabilidade para si. "O clima ficou péssimo depois do jogo, com muita lamentação, já que a gente queria muito avançar na Libertadores. Mas agora a nossa responsabilidade só aumenta e precisamos entregar a vaga na Libertadores", disse o atacante Luan.

Falando especificamente deste jogo, os flamenguistas minimizaram o momento do Galo. "Nós enfrentamos uma eliminação na Libertadores e sabemos que não é nada agradável. Portanto, o Atlético passa pela mesma coisa e terá dificuldades. Mas como nós reagimos, eles também podem e temos que impedir que isso aconteça agora", disse o volante Márcio Araújo.

Para este jogo, Micale não confirmou a escalação do Galo, mas deve manter a base que vem jogando, pois aposta no entrosamento.

Pelo lado do Flamengo, Jayme perdeu os meias Diego e Everton, que cumprem suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Assim, o esquema deve contar com três volantes, com o colombiano Gustavo Cuéllar reforçando a marcação. No ataque, o colombiano Orlando Berrío ganha a vaga ao lado de Felipe Vizeu, mais uma vez escalado porque Paolo Guerrero, com lesão na coxa direita, segue afastado.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, os dois times se enfrentaram no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), e empataram por 1 a 1. Naquela ocasião, Matheus Savio abriu o placar para os flamenguistas, mas Elias assegurou a igualdade.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X FLAMENGO-RJ

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 13 de agosto de 2017 (Domingo)

Horário: 16h(de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Adilson e Cazares; Luan e Fred

Técnico: Rogério Micale

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Rever, Rodholfo e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Gustavo Cuéllar e Everton Ribeiro; Orlando Berrío e Felipe Vizeu

Técnico: Jayme de Almeida

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade