3 eventos ao vivo

Flamengo comunica mais casos positivos de coronavírus na equipe

23 set 2020
16h55
atualizado às 16h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A situação do Flamengo em relação ao casos de covid-19 segue sendo notícia. Após sete jogadores não atuarem contra o Barcelona-EQU, pela Libertadores, o clube revelou que mais atletas testaram positivo.

O zagueiro Rodrigo Caio, o lateral esquerdo Renê e o goleiro Gabriel Batista testaram positivo e também serão afastados. Além deles, o vice-presidente Marcos Braz também está com o coronavírus.

Por conta disso, o Flamengo pediu o adiamento da partida contra o Palmeiras, neste domingo, em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. No entanto, o secretário-geral da CBF descartou a mudança de data.

"Nós recebemos o pedido ontem à noite, mas o jogo deve acontecer. Quando o clube tem infectados, os jogadores são separados e o time continua jogando. Só adiaria a partida se eles não tivessem a quantidade mínima para entrar em campo, não é o caso", disse à Rádio Bandeirantes.

O Palmeiras já havia adiantado que não concordaria com o adiamento. Tanto que o vice-presidente jurídico rubro-negro criticou os paulistas nas redes sociais: "Não surpreende o Palmeiras ser contra o adiamento. Quer levar vantagem, mesmo com risco pessoal. O que espero é que a CBF análise o tema de forma justa, pensando na saúde de todos e a situação excepcional que foi uma viagem de 8 dias com intensidade de contato entre os atletas" escreveu.

Agora, o técnico Domènec Torrent sabe que não terá os seguintes jogadores, com covid-19: Gabriel Batista, Rodrigo Caio, Isla, Matheuzinho, Filipe Luís, Renê, Diego, Bruno Henrique, Michael e Vitinho. Além deles, o goleiro Diego Alves e o atacante Gabigol, lesionados, estão em recuperação no departamento médico.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade