0

Em boa fase no Fla, Arão ressalta importância de estudar atacantes adversários

Volante diz que Jorge Jesus pede sempre muita intensidade e trabalho em equipe

23 ago 2019
20h05
atualizado às 20h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Um dos jogadores mais contestados no elenco antes da chegada do português Jorge Jesus no Flamengo, o volante Willian era só sorrisos na entrevista coletiva que concedeu nesta sexta-feira no CT Ninho do Urubu. O camisa 5 rubro-negro comentou sobre o bom momento e ressaltou a importância de estudar seus adversários antes dos jogos.

"Todo dia me dedico, me aprimoro. Trabalhamos para chegar na partida e saber se um adversário corta para esquerda, se pedala para um lado... As pessoas acham que viemos para brincar. Isso é treinamento pessoal de cada um. Ele (Jesus) nos pede sempre muita intensidade, trabalho em equipe", relatou o volante.

Vice-líder em desarmes do time carioca no Brasileirão, com 31 roubadas de bola - apenas uma a menos que o colombiano Cuellar -, Arão contou qual a estratégia usada contra o ex-companheiro de time Guerrero, na partida de ida das quartas de final da Copa Libertadores diante do Internacional, na última quarta-feira.

"O Guerrero é um amigo, sabemos da qualidade dele. Fizemos uma marcação forte com qualquer avançado (do Inter). Tentamos isolar esses jogadores. Acho que funcionou. Ele não teve quase chance de gol", relembra o flamenguista.

O volante até poderia estar na lista de titulares a serem poupados pela comissão técnica para o jogo deste domingo contra o Ceará, às 19 horas, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro em Fortaleza, mas como recebeu o terceiro cartão amarelo no torneio continental, ficará de fora do jogo decisivo de Porto Alegre na próxima quarta-feira. Sendo assim, o volante tem presença praticamente certa no jogo do fim de semana.

"Vi alguns jogos do Ceará no campeonato, é uma equipe forte. Por lá, onde enfrentei algumas vezes, sempre foram. Temos que tentar anular os principais jogadores e aproveitar suas fragilidades", analisou Arão.

O Flamengo é o atual vice-líder do Brasileirão, com 30 pontos, dois a menos do que tem o líder Santos. No Castelão, com a ambição de alcançar o topo, o time rubro-negro tentará sua terceira vitória fora de casa na competição.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade