PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Favoritar Time

Dorival Júnior explica titularidade de atacante: "Não pode desistir"

Com a lesão de Bruno Henrique, que sofreu uma lesão multiligamentar no joelho direito, Vitinho tem sido o escolhido de Dorival Júnior para substituí-lo

20 jun 2022 06h16
| atualizado às 07h37
ver comentários
Publicidade
Dorival Júnior é o técnico do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Dorival Júnior é o técnico do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

Vitinho foi o escolhido pelo técnico Dorival Júnior para assumir o lugar de Bruno Henrique, que ficará afastado dos gramados indeterminadamente por causa de uma lesão multiligamentar no joelho direito. O meia-atacante do Flamengo substituiu o camisa 27 tanto no jogo contra o Cuiabá quanto na partida diante do Atlético-MG, na última quarta-feira.

A opção por Vitinho, inclusive, foi um dos temas da entrevista coletiva do treinador, no último domingo, após a derrota para o Galo no Mineirão. Nesse sentido, Dorival saiu em defesa do meia-atacante e ressaltou que o técnico nunca pode desistir de um jogador.

O treinador ainda citou sua segunda passagem pelo Flamengo para corroborar o posicionamento. Dorival lembrou que Vitinho viveu "um ótimo momento" em 2018 e mostrou que confia na retomada do jogador.

 

Vitinho durante o jogo contra o Atlético-MG (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Vitinho durante o jogo contra o Atlético-MG (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

 

- Às vezes, a gente tem uma definição de um atleta, e as pessoas não acreditam que ele possa se recuperar. E o treinador não pode desistir de um atleta nunca, jamais. Não acho que o Vitinho fez essa partida (contra o Cuiabá), onde ele errou tudo, não. Ele deu ótimos passes, fez jogadas de infiltração, teve coisas boas no último jogo. E é um profissional do Flamengo. Em razão disso, seria sempre e será sempre respeitado. Às vezes, o que o atleta precisa é um pouco de confiança para que ele consiga atingir a sua melhor condição - disse Dorival Júnior.

- E cabe ao treinador também acreditar que isso possa acontecer. De repente, demorando uma, duas, às vezes três, às vezes cinco rodadas. É um atleta que nós não podemos achar que perdemos, que o deixaremos pelo meio do caminho. Não, muito pelo contrário, eu confio muito. Tive um momento aqui com o Vitinho, talvez tenha sido um ótimo momento dele, em 2018. E por que não? Por que ele não pode voltar a atuar da forma como aconteceu? É questão de tempo, darmos um timing aí para que exista uma recuperação do próprio atleta - completou.

Cabe destacar que, além de Vitinho, as opções de Dorival Júnior para a posição, hoje, são Lázaro e Marinho. Após o dia 18 de julho, quando abre a segunda janela de transferências, o treinador também contará com Everton Cebolinha, que estava no Benfica.

Em tempo: sem tempo para lamentar a derrota, o Flamengo já volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30, para enfrentar o Atlético-MG no Mineirão, novamente. A partida é válida pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil e terá transmissão em tempo real do LANCE!.

Lance!
Publicidade
Publicidade