0

De olho nas semifinal da Taça Rio, Flamengo recebe Boavista com força máxima

Equipe rubro-negra não perde há 13 jogos no Campeonato Carioca

1 jul 2020
07h41
atualizado às 07h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mesmo já classificado para as semifinais da Taça Rio, o Flamengo vai ter força máxima para enfrentar o Boavista nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pela última rodada do Grupo A do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Líder isolado da chave, com 100% de aproveitamento nos quatro jogos, o Flamengo soma 12 pontos e não perde há 13 partidas e vem de oito vitórias seguidas. A última derrota ocorreu no dia 29 de janeiro, para o Fluminense, por 1 a 0.

O Boavista é o terceiro colocado com os mesmos sete pontos do vice-líder Botafogo, que tem pela frente a Portuguesa, no estádio Luso Brasileiro, no mesmo horário. Os dois brigam pela segunda vaga nas semifinais.

A partida no Maracanã será com os portões fechados, mas os torcedores poderão acompanhar no Youtube, Facebook e Twitter do Flamengo. Na última segunda-feira, a Justiça indeferiu o pedido da TV Globo para barrar a transmissão.

Em busca do ritmo ideal depois de ter ficado duas semanas só treinando por conta da nova paralisação do Campeonato Carioca, o Flamengo não vai poupar nenhum jogador já pensando na semifinal, que está marcada para domingo.

Sem nenhum desfalque, Jorge Jesus vai mandar a campo o mesmo time que venceu o Bangu por 3 a 0, no último dia 18, na retomada do Estadual antes de ser mais uma vez paralisado. "Depois de tanto tempo parado, é importante que o time ganhe ritmo de jogo", justificou o técnico.

Na briga por uma vaga na semifinal, o Boavista não vai ter o meia Erick Flores, revelado pelo próprio Flamengo. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com a Portuguesa. Já o lateral-esquerdo Jean vai fazer sua despedida antes de se apresentar ao Paraná Clube para a disputa da Série B do Brasileiro. "Precisamos fazer uma partida perfeita, com uma grande dose de sorte", disse o técnico Paulo Bonamigo, prevendo dificuldades diante um adversário considerado favorito.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade