PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Contra o Bahia, Flamengo busca aproximação do G4 em região de boas recordações para Renato

Como jogador, Renato Gaúcho estreou pelo Fla na Bahia com vitória e gol. Desta vez, em Pituaçu, pela 12ª rodada do Brasileiro, comanda por progresso e ascensão na tabela

18 jul 2021 07h02
| atualizado às 07h02
ver comentários
Publicidade

Renato Gaúcho contemporizou a má atuação na última quarta-feira, mas o objetivo foi alcançado, com o Flamengo engatando duas vitórias consecutivas. Agora, com mais sessões de treino sob o comando do novo treinador, tem como tendência evoluir o rendimento. E, às vésperas de decidir vaga na Libertadores, o time voltará a estar à prova neste domingo, pelo Brasileiro, mais precisamente pela 12ª rodada, contra o Bahia, no Estádio do Pituaçu, às 18h15.

Renato Gaúcho, agora como técnico, conta com Gabigol para decidir no ataque (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Renato Gaúcho, agora como técnico, conta com Gabigol para decidir no ataque (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Foto: Lance!

Contra o Tricolor, além de ser um duelo direto por vaga no G4 do Brasileiro, uma vez que a distância entre ambos é de dois pontos, o Rubro-Negro buscará uma sequência de três vitórias consecutivas (somando todas as competições), o que pode rechaçar quaisquer resquícios da fase descarrilhada recente.

No meio da tabela, o Flamengo tem dois jogos a menos e está com 15 pontos; o Bahia, com 17. Um triunfo será essencial para se aproximar da parte superior da classificação e elevar a confiança visando ao decisivo jogo desta quarta-feira, pela volta das oitavas da Libertadores, contra o Defensa y Justicia.

SE O RENATO TREINADOR REPETIR O RENATO JOGADOR...

Um amparo no qual a equipe pode se escorar é quanto ao retrospecto de Renato atuando pelo Flamengo no Nordeste. Como jogador, foram 17 jogos, com seis vitórias, oito empates e três derrotas, além de cinco gols marcados.

No primeiro jogo de Renato Gaúcho com a camisa do Flamengo na Bahia, aliás, a lembrança é ótima: no dia 24 de junho de 1987, no amistoso com a seleção de Jacobina, no Estádio Municipal José Rocha, marcou o gol solitário da vitória por 1 a 0. Em relação aos estados, o retrospecto é o seguinte:

Bahia: 10 jogos (3v/4e/3d), 1 gol;

Pernambuco: 3 jogos (3e), 1 gol;

Maranhão: 1 jogo (1v), 2 gols;

Sergipe: 1 jogo (1e), 1 gol;

Piauí: 1 jogo (1v), sem gols;

Alagoas: 1 jogo (1v), sem gols.

Lance!
Publicidade
Publicidade