PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Conmebol anuncia volta entre Flamengo e Olimpia na Libertadores no Mané Garrincha

Jogo de volta das quartas de final contra os paraguaios será no próximo dia 18 e poderá contar com 30% da capacidade do estádio

2 ago 2021 18h00
| atualizado às 18h00
ver comentários
Publicidade

O Flamengo não gostou de "barganhar" com a prefeitura do Rio de Janeiro para ter público nos jogos da Copa Libertadores no estádio do Maracanã e vai mais uma vez decidir um mata-mata em Brasília. A Conmebol confirmou nesta segunda-feira que o jogo de volta das quartas de final contra os paraguaios do Olimpia será no Mané Garrincha, no próximo dia 18.

Depois de ver a torcida voltar aos estádios no Mané Garrincha, na goleada sobre o argentino Defensa y Justicia por 4 a 1, no dia 21 de julho, o Flamengo chegou a negociar para ter a volta gradual de seus torcedores no Maracanã. A prefeitura do Rio de Janeiro quis impor limite reduzido de 10% dos torcedores e com planos de abrir os portões só em setembro.

O clube, então, negociou com Brasília e pode levar até seis jogos ao estádio entre duelos da Libertadores e do Campeonato Brasileiro. O confronto com os paraguaios poderá contar com 30% de sua capacidade. Contra os argentinos foram liberados 25% da capacidade total - aproximadamente 18 mil flamenguistas.

"De novo a casa do Flamengo, na Conmebol Libertadores! A partida de volta das quartas de final, contra o Clube Olimpia, em 18/8, será em Brasília. Estádio Mané Garrincha, 19h15", publicou a Conmebol em suas redes sociais.

Apesar de favorito no confronto, o Flamengo terá um tabu pela frente contra os paraguaios na competição sul-americana. São seis encontros na Libertadores e nenhum triunfo carioca. O Olimpia ganhou dos rubro-negros duas vezes e empatou outras quatro.

Os últimos encontros foram na fase de grupos de 2012. O Olimpia empatou no Brasil por 3 a 3 e ganhou no Paraguai por 3 a 2. Embalados após eliminar o Internacional no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, os paraguaios abrirão as quartas de final no próximo dia 11, em Assunção.

Estadão
Publicidade
Publicidade