PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Favoritar Time

Com números e desempenho, Fla torna classificação na Libertadores 'questão de tempo'

Flamengo domina e vence o Corinthians em SP e, no Rio de Janeiro, jogará com grande vantagem para avançar às semifinais da Libertadores

3 ago 2022 - 06h46
(atualizado às 08h15)
Ver comentários
Publicidade
Flamengo teve muitos motivos para comemorar diante do Corinthians (Foto: Alex Silva / Lancepress!)
Flamengo teve muitos motivos para comemorar diante do Corinthians (Foto: Alex Silva / Lancepress!)
Foto: Lance!

Apesar do discurso cauteloso de Dorival Júnior e jogadores após a vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Corinthians, nesta terça, 2, nada indica que a vaga para as semis da Libertadores escapará do Rubro-Negro na próxima terça, quando o time carioca recebe os paulistas no Maracanã. Além da vantagem, o Flamengo tem como "aliados" o desempenho e os números para confirmar a classificação na Copa.

"Tivemos uma atuação madura, mas apenas uma. Foi apenas uma atuação, ainda tem noventa minutos e precisamos ter cuidado no jogo de volta", avaliou o precavido Dorival Júnior ainda em São Paulo.

OS SINAIS DADOS NA NEO QUÍMICA ARENA

Se nos 15 minutos iniciais o time de Vitor Pereira conseguiu levar perigo ao gol de Santos, aos poucos, a equipe de Dorival Júnior assumiu as rédeas da partida e, com Arrascaeta inspirado, ditou o ritmo. O desempenho do Flamengo foi muito superior, fazendo jus ao momento vivido pela equipe, em franca evolução com o treinador.

Além disso, se o Corinthians sofre com baixas - algo já enfrentado pelo Flamengo na temporada -, Dorival Júnior tem ganhado mais e mais opções. A base está formada, e, ao olhar para o banco, o técnico conta com jogadores como Vidal, Cebolinha, Lázaro e Victor Hugo.

Confiante, o Flamengo mostra-se cada vez mais seguro e em sintonia.

FORÇA DO FLAMENGO COMO MANDANTE

Os mais de 60 mil ingressos já estão vendidos para o jogo de volta, no Maracanã. Atuando como mandante na Libertadores, o Flamengo vive sua maior sequência invicta. São 18 jogos sem perder em seus domínios, com 15 vitórias e três empates. O último revés foi em abril de 2019, por 1 a 0, para o Peñarol. Por três ou mais gols - diferença necessária para o Corinthians -, o Rubro-Negro não perde em casa na Copa desde 2008, na fatídica eliminação para o América do México.

Além disso, nas últimas duas vezes que o Flamengo esteve nas quartas de final da Libertadores, em 2019 e 2021, conquistou a classificação para as semis, passando por Internacional e Olímpia.

Já em 2022, são apenas duas derrotas como mandante, no Maraca: para o Fluminense, no Estadual, e para o Fortaleza, pelo Brasileirão.

O histórico recente contra o Corinthians também é positivo: são quatro vitórias consecutivas no Rio de Janeiro, onde o Flamengo não perde desde 2015, ou há oito jogos. Por outro lado, o time de Vitor Pereira não sabe o que é vencer há seis partidas nesta Libertadores.

Dorival Júnior, Arrascaeta e David Luiz destacaram os "cuidados" que o Flamengo deve ter até a confirmação da vaga. Do lado rival, Balbuena evitou "jogar a toalha". Por mais que os números e a fase estejam a favor da classificação rubro-negra, a definição, de fato, só será conhecida na próxima terça-feira, a partir das 21h30, no Maraca.

Lance!
Publicidade
Publicidade