0

Botafogo domina festa do Carioca sem Fluminense e Vasco

20 mai 2013
22h01
atualizado às 22h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Campeão carioca sem sombra de dúvidas depois de conquistar os títulos dos dois turnos da competição, o Botafogo reinou praticamente absoluto na premiação oficial do campeonato - onde recebeu de forma oficial seu troféu. Seus jogadores compareceram em peso, enquanto o Flamengo mandou apenas Léo Moura, Rafinha e Hernane. Fluminense, em concentração para a partida com o Olímpia pela Taça Libertadores, e Vasco (sem nenhum indicado) não enviaram ninguém.

Camisa 10 do campeão Botafogo, Seedorf foi o destaque  da premiação
Camisa 10 do campeão Botafogo, Seedorf foi o destaque da premiação
Foto: Daniel Ramalho / Terra

O Botafogo abocanhou sete das 11 posições da seleção da competição, além do técnico Oswaldo Oliveira, da revelação Vitinho e do prêmio mais esperado da noite: craque da competição para o holandês Seedorf. "Foi o conjunto que levou às conquistas pessoais e a levantarmos o título de campeões cariocas. Não tenho prêmio preferido. São conquistas diferentes e agradeço muito a todos por terem me ajudado", disse o meia.

"Acho que é merecido por tudo que o Botafogo fez na competição. Temos um plantel forte que agora vai mais motivado para a segunda parte da temporada. Esta premiação é um momento especial que o jogador sempre espera. A gente fica feliz por ser lembrado", disse Bolívar.

O grande intruso da festa foi o atacante Hernane, do Flamengo. Ele recebeu o prêmio de artilheiro da competição, com 12 gols. O flamenguista ainda cavou uma vaga no ataque da seleção ao lado de Fred, do Fluminense.

"Eu já me considerava artilheiro do Campeonato Paulista do ano passado porque disputei com o Neymar, que é um jogador completamente acima da média. Tinha o desejo de ser artilheiro do Carioca também e felizmente isso já foi possível nesta temporada", disse Hernane.

Abaixo todos os prêmios entregues na noite:

Campeão carioca: Botafogo
Craque: Seedorf (Botafogo)
Seleção: Jefferson (Botafogo); Lucas (Botafogo), Bolívar (Botafogo), Dória (Botafogo) e Carlinhos (Fluminense); Gabriel (Boafogo), Jean (Fluminense), Seedorf (Botafogo) e Lodeiro (Botafogo); Hernane (Flamengo) e Fred (Fluminense).
Técnico: Oswaldo de Oliveira (Botafogo)
Revelação: Vitinho (Botafogo)
Gol mais bonito: Rafinha (Flamengo contra Olaria)
Artilheiro: Hernane (Flamengo)
Prêmio Superclássico (melhor campanha nos clássicos): Flamengo

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade