1 evento ao vivo

Atlético-GO consegue recurso para escalar jogadores que testaram positivo para coronavírus

Clube alega que atletas já haviam sido contaminados anteriormente e não são mais transmissores da covid-19

12 ago 2020
01h22
atualizado às 07h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Atlético-GO conseguiu um recurso na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para escalar quatro jogadores que tiveram resultados positivos no teste de coronavírus na partida contra o Flamengo, nesta quarta-feira, pelo Brasileirão. O clube alegou que os atletas já haviam sido contaminados anteriormente e não são mais transmissores da covid-19.

A informação foi divulgada anteriormente pela imprensa de Goiás. Em entrevista ao GE, o médico do clube Gleyder Sousa explicou a situação. "Fui notificado há pouco, cerca de meia hora, da decisão. A comissão médica da CBF acatou meu recurso. O argumento foi baseado no nosso próprio protocolo e baseado nas últimas resoluções da CBF e das instituições de saúde. Entrou na pauta da reunião da comissão, que estava de plantão, e logo foi aceito o recurso."

O recurso utilizado pelo Atlético-GO consta em uma atualização da diretriz médica preparada pela CBF para a disputa do Campeonato Brasileiro. A partir de agora, jogadores que apresentaram teste positivo há mais de dez dias e permaneceram assintomáticos no período não são considerados transmissores da doença. O embasamento para esta conclusão consta em um estudo comandado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, divulgou no início da noite desta terça-feira que quatro jogadores do Atlético-GO haviam tido testes positivos. O médico do clube disse que imaginava que a situação poderia ocorrer. "Houve uma interpretação errônea divulgada na mídia. Mas já existia uma preocupação minha em relação a esses jogadores, então eu estava preparado. Eu já tinha montado todo meu recurso caso isso ocorresse, antes de ter os resultados em mãos. Apenas enviei à comissão médica".

Enquanto o Flamengo fará o segundo jogo na competição nacional, após perder, no Maracanã, para o Atlético-MG (0 a 1), o Atlético-GO terá sua estreia no campeonato, pois o jogo com o Corinthians, previsto para o fim de semana, foi adiado por causa da equipe paulista ter disputado a final do Estadual.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade