1 evento ao vivo

Arrascaeta torce por Bruno Henrique e projeta decisão no Maracanã

20 fev 2020
01h08
atualizado às 01h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No primeiro jogo válido pela decisão da Recopa Sul-Americana, disputado na noite desta quarta-feira, Flamengo e Independiente del Valle empataram por 2 a 2. Na saída do gramado do Estádio Atahualpa, Arrascaeta falou sobre o companheiro Bruno Henrique, que saiu por lesão, e projetou a volta no Maracanã.

Em cobrança de falta, Murillo marcou o único gol do primeiro tempo. Na etapa complementar, o Flamengo chegou a virar por meio de Bruno Henrique e Pedro, mas o Independiente del Valle igualou através de Pellerano em pênalti discutível marcado pelo árbitro uruguaio Leodán González.

"Enfrentamos um adversário muito bom. Temos observado os jogos deles. É um rival que fica muito com a bola e agride bastante. Então, fizemos um grande jogo. Conseguimos marcar dois gols e tomamos outros dois. Vamos melhorar para a partida de volta, que vai ser muito difícil", afirmou Arrascaeta ao DAZN.

No gol de empate do Flamengo, Bruno Henrique arrancou pela esquerda, passou por Schunke e tocou na saída de Pinos. Por conta do choque com o goleiro, o atacante ficou no chão e acabou substituído por Pedro. Do estádio, foi diretamente para o hospital com a finalidade de passar por exames.

"Foi uma batida canela com canela e ele estava com muita dor. Então, tomara que não seja nada grave", disse Arrascaeta, que ainda falou sobre os 2.850 metros de altitude de Quito. "Já tínhamos jogado aqui, mas é bem difícil se adaptar. A bola corre muito rápido e a pressão é diferente", comentou.

O segundo e decisivo confronto pela Recopa está marcado para as 21h30 (de Brasília) de quarta-feira, no Maracanã. Não há gol qualificado e, em caso de empate no saldo, o regulamento prevê prorrogação. Se a igualdade persistir, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade