3 eventos ao vivo

Arrascaeta encara vaias no Mineirão e diz que torce para o Cruzeiro deixar degola

'Quero que o Cruzeiro volte ser o que era antes', comenta o uruguaio, que marca gol contra sua ex-equipe neste sábado

21 set 2019
20h05
atualizado às 20h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Mais do que a sétima vitória seguida do Flamengo no Campeonato Brasileiro, o 2 a 1 em cima do Cruzeiro, pela 21.ª rodada, marcou o retorno do uruguaio Arrascaeta ao estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Mesmo encarando vaias do começo ao final do jogo, o meia foi decisivo ao marcar o gol da vitória rubro-negra neste sábado.

A cada toque de bola, o meia era lembrado com vaias. A resposta veio com bola nas redes. Ele marcou um belo gol, aos 21 minutos, em finalização colocada após corta-luz de Gabriel. O uruguaio é o artilheiro absoluto desde a reinauguração do Mineirão, em 2013, com 31 tentos.

Nos acréscimos, o estádio veio abaixo em apupos quando Arrascaeta deixou o gramado, substituído pelo zagueiro Rhodolfo. Apesar de toda recepção pouco carinhosa, ele revelou que torce para que o time mineiro deixe a zona de rebaixamento. "Hoje (sábado) o que eu mais queria era ganhar o jogo. Quero que o Cruzeiro volte ser o que era antes. Meus ex-companheiros sempre me deram apoio quando estive aqui, sempre tenho carinho por eles", comentou o destaque do jogo.

Depois de quatro anos e 50 gols, Arrascaeta deixou o Cruzeiro no começo deste ano pela porta dos fundos. Em meio às negociações, o empresário do jogador, Daniel Fonseca, chegou a tirar o uruguaio do centro de treinamentos Toca da Raposa II durante a pré-temporada, irritando ainda mais a torcida.

Contratado por R$ 63,4 milhões, o uruguaio se tornou um dos principais jogadores do Flamengo em 2019. Ele é o vice-artilheiro do clube na temporada de 2019 com 15 gols. Fica atrás de Gabriel, com 31 gols, mais do que o dobro e em sua melhor temporada na carreira.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade