0

Podendo perder pontos, Figueirente tem julgamento por Fair Play Financeiro adiado

Defesa do clube entregou documentos como provas e elas serão avaliadas pelo Ministério Público do Trabalho de Santa Catarina

30 ago 2019
18h14
atualizado às 18h14
  • separator
  • 0
  • comentários

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) adiou nesta sexta-feira o julgamento do Figueirense por conta do Fair Play Financeiro. A defesa do clube entregou os documentos como provas e essas serão avaliadas pelo Ministério Público do Trabalho de Santa Catarina ( MPT-SC). Uma nova data ainda não foi estipulada, mas a equipe corre sérios riscos de perder pontos na Série B do Campeonato Brasileiro.

Nos documentos apresentados pela defesa está um, assinado pelo porta-voz do elenco, o meia e capitão Zé Antônio, que confirma o pagamento dos salários atrasados, realizado na última quinta-feira. São mais de 500 páginas de provas, apresentadas pelo advogado do Figueirense.

"Gostaríamos que tudo fosse resolvido hoje (sexta-feira), pois acaba gerando uma insegurança para o clube e competição. Mas vemos como compreensível o adiamento tamanho o volume de informações. Os salários foram acertados na quinta, mandamos todos os recibos ontem e viemos com uma defesa forte. O Figueirense fez sua parte", falou o advogado Eduardo Carlezzo.

Na última terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) protocolou uma denúncia contra o clube por quebra de fair play financeiro. Segundo as regras, atrasar o salário dos jogadores pode gerar um desequilíbrio na competição, já que o clube devedor pode gastar com outras coisas e, assim, leva vantagem em relação aos que estão pagando em dia.

Existe a possibilidade, ainda, que o Figueirense não perca apenas os pontos do jogo contra o Cuiabá, quando foi aplicado o W.O., mas também de todas as partidas em que os atletas atuaram com salários atrasados. Além disso, o clube ainda deve receber uma outra denúncia pelo próprio W.O. no Mato Grosso.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade