0
Logo do Figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense

Figueirense

Paraná Clube reencontra a torcida diante do Figueira

15 jun 2017
13h42
atualizado às 13h42
  • separator
  • comentários

Com campanhas parecidas na Série B do Campeonato Brasileiro, Paraná Clube e Figueirense tentam embalar na competição e abrem a oitava rodada nesta sexta-feira, às 20h30 (de Brasília), na Vila Capanema. É o retorno do Tricolor para casa após se reabilitar na competição e dar a resposta aos protestos ouvidos na derrota diante do Guarani.

O técnico Cristian de Souza acredita que o triunfo diante do Náutico pode ser o início da retomada paranista na temporada. A ideia agora é reconstruir o padrão de jogo, especialmente na defesa. Para a partida, o volante Jhony, que recebeu o terceiro cartão amarelo, cumpre suspensão automática. Na zaga, Rayan deve retomar a vaga de Wallace, titular em Pernambuco.

O comandante tricolor reafirmou que o papel das arquibancadas pode ser fundamental, e pediu menos pressão sobre o jovem grupo, que precisa de apoio para subir na classificação. "Vai ser muito importante o comportamento da nossa torcida, que tem que ser inteligente, tem que ter paciência. Não podemos iniciar o jogo e já ter a torcida vaiando, cobrando, porque ela tem que entender a nossa dificuldade. Nosso grupo é jovem. Temos que ter a participação do torcedor", convocou.

Sem o técnico Márcio Goiano, que deixou o clube após o empate diante do Criciúma, o Figueira tenta arrumar a casa. Márcio Coelho, auxiliar técnica, assumiu interinamente mas, sem tempo para trabalhar, pouco deve mexer na equipe, que somou até o momento oito pontos apenas na classificação. Já são cinco jogos seguidos sem saber o que é vencer na competição.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ X FIGUEIRENSE

Local: estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)

Data: 16 de junho de 2017, sexta-feira

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE)

FIGUEIRENSE: Thiago Rodrigues; Dudu, Naylhor, Bruno Alves e Iago; Zé Antônio, Dudu Vieira e Marco Antônio; Jorge Henrique, Henan e Robinho

Técnico: Márcio Goiano

PARANÁ: Richard, Cristovam, Rayan, Brock e Assis; Luiz Otávio (Leandro Vilela), Gabriel Dias, Matheus Carvalho (Minho) e Guilherme Biteco; Robson e Felipe Alves.

Técnico: Cristian de Souza

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade