0

Operário confirma força em casa, bate Figueirense e fecha turno em 6º na Série B

Time paranaense chega a sete jogos de invencibilidade jogando diante da sua torcida

27 ago 2019
23h23
atualizado às 23h23
  • separator
  • 0
  • comentários

Estreante na Série B do Campeonato Brasileiro, depois de ser campeão da Série C, o Operário confirmou a sua força dentro do estádio Germano Krúger, na cidade de Ponta Grossa (PR). Nesta terça-feira à noite venceu o Figueirense, por 1 a 0, pela 19ª e última rodada do primeiro turno.

O time paranaense agora está invicto há sete jogos diante de sua torcida, com seis vitórias e apenas um empate. Melhor do que isso, fecha o turno em sexto lugar, com 28 pontos. De outro lado, tentando escapar de uma crise financeira e institucional, o Figueirense segue com 21 pontos, em 15º lugar e em declínio. Não vence há dez jogos.

O primeiro tempo foi de poucas emoções, a ponto de até irritar a inflamada torcida do Fantasma, como é chamado o Operário. O Figueirense só teve uma chance num contra-ataque, porém, desperdiçado para fora na finalização de Willian Popp aos 33 minutos.

O Operário foi mais eficiente em suas investidas ofensivas. E saiu na frente aos 40 minutos. Após levantamento na área, a defesa não aliviou e a bola sobrou para o chute certeiro de Felipe Augusto. A bola entrou no canto esquerdo, dando mais tranquilidade aos jogadores da casa.

No segundo tempo, esperava-se uma reação do Figueirense, mas o time se mostrou muito frágil no ataque. Só teve uma grande chance de empatar, numa falta bem cobrada por Fellipe Mateus, aos 20 minutos. Ele bateu forte e conseguiu encobrir a barreira, porém, o goleiro Rodrigo Viana saltou e espalmou para depois ver a bola aliviada por sua defesa.

A partir daí, não deu outra. O Operário fechou a casinha, ficou lá atrás na espera de uma chance para contra-atacar. No mais, manteve o objetivo de não sofrer gol para garantir a vitória. Deu certo.

Na 20ª rodada, no final de semana, o Operário vai até Belo Horizonte (MG) para enfrentar o América-MG, sábado às 19 horas, no Independência. De outro lado, o Figueirense vai receber em Florianópolis (SC), no estádio Orlando Scarpelli, o lanterna Guarani.

FICHA TÉCNICA:

OPERÁRIO-PR 1 x 0 FIGUEIRENSE

OPERÁRIO-PR - Rodrigo Viana; Maílton, Alisson, Rodrigo e Allan Vieira; Jardel (Chicão), Índio, Marcelo (Schumacher) e Cleyton; Felipe Augusto e Lucas Batatinha (Cléo Silva). Técnico: Gerson Gusmão.

FIGUEIRENSE - Elisson; Victor Guilherme, Alemão, Ruan Renato e Roberto; Zé Antônio, Betinho (Robertinho) e Tony; Fellipe Mateus (Andrigo), Willian Popp e Rafael Marques (Yuri Mamute). Técnico: Vinícius Eutrópio.

GOL - Felipe Augusto, aos 40 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Rafael Martins Diniz (DF).

CARTÕES AMARELOS - Índio (Operário-PR); Alemão, Andrigo, Betinho, Fellipe Mateus, Ruan Renato, Tony e Victor Guilherme.

RENDA - R$ 42.975,00.

PÚBLICO - 4.079 pagantes (4.608 no total).

LOCAL - Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade