0
Logo do Figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense

Figueirense

Figueirense vai a Pelotas para buscar reação diante do Brasil

13 jul 2017
20h03
atualizado em 14/7/2017 às 08h42
  • separator
  • comentários

O Figueirense precisa da vitória no Campeonato Brasileiro Série B 2017. Há 11 jogos sem vencer, algo que não acontece desde a segunda rodada da competição, o Alvinegro tem pela frente o embalado Brasil de Pelotas, visando a reação. O confronto será realizado às 19h15 da próxima sexta-feira, no Rio Grande do Sul.

O momento distinto das equipes na tabela da Segundona é um dos principais aspectos do duelo. 11º colocado, com 17 pontos, o Xavante vem de uma vitória, também como mandante, na última terça-feira, sobre o Oeste-SP. Já o Furacão do Estreito viu a série sem vitórias se estender, também na terça, quando perdeu para o CRB em Alagoas, por 2 a 1, aparecendo no 18º lugar, com 12 pontos O primeiro time fora da degola, com 14, é o Paysandu.

De olho em reencontrar o caminho dos triunfos, Marcelo Cabo minimizou a má fase e se mostrou otimista com alguns aspectos do Figueira. O treinador exaltou algumas mudanças que deram certo na derrota para o Galo de Praia e espera que seus comandados tenham intensidade para o próximo compromisso. Além disso, ele poderá contar com um novo reforço: o atacante Walterson, ex-Atlético-GO, que foi apresentado nesta quarta-feira e já foi regularizado.

"Todas as medidas que tomamos surgiram efeito. Estreia do Saulo, entrada do Patrick, do Índio, o Dudu na lateral… Agora temos que tirar algo daí. Quando perde não tem só coisa errada, mas também positiva. Vamos ver o que teve de positivo para repetir a intensidade", avaliou o treinador.

Se as alterações e a novidade no elenco causam alegria, a preocupação por conta de desfalques assombra a escalação de Cabo. As baixas são os meias Marco Antônio, que segue entregue ao departamento médico, e Jorge Henrique, que foi vetado por conta de um incômodo muscular, além do volante Zé Antônio, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo. Hélder, Dudu Vieira e Índio devem ser as peças responsáveis por compor o setor.

Pelo lado gaúcho, a palavra de ordem é aproveitar o momento. Embalado por conta do triunfo em casa, o Brasil deve seguir contando com o embalo da torcida no Bento de Freitas para continuar com o futebol envolvente e conquistar os três pontos mais uma vez.

Em termos de escalação, o Xavante não tem grandes desfalques, apenas com o meia Elias aparecendo como dúvida, após sair mais cedo da vitória sobre o Oeste. Por conta disso e do bom rendimento da equipe, principalmente no final do primeiro e durante todo o segundo tempo do último compromisso, o técnico deve promover apenas a entrada do atacante Marcinho, autor de um dos gols contra os paulistas, no lugar de Elias.

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS X FIGUEIRENSE

Local: Estádio Bento de Freitas, em Pelotas (RS)

Data: 14 de julho de 2017, sexta-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (CBF-RJ)

Assistentes: Wendel de Paiva Gouveia (CBF-RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (CBF-RJ)

BRASIL: Marcelo Pitol; Ednei, Leandro Camilo, Evaldo e Breno; Itaqui, João Afonso, Wagner e Rafinha (Nem); Marcinho e Lincom.

Técnico: Rogério Zimmermann

FIGUEIRENSE: Saulo; Patrick, Marquinhos, Leandro Almeida e Julinho; Hélder, Dudu Vieira e Robinho; Marcus Índio, Luidy e Henan (Walterson)

Técnico: Marcelo Cabo

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade