0
Logo do Figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense

Figueirense

Figueirense bate o Londrina e acaba com jejum de vitórias na Série B

27 jun 2017
23h27
  • separator
  • comentários

Depois de oito rodadas, quatro delas dentro de casa, enfim o Figueirense voltou a sair de campo com os três pontos pelo Campeonato Brasileiro da Série B. A vítima foi o Londrina, que agora chega a três jogos sem saber o que é vitória na competição. O placar de 3 a 1 no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, tira os alvinegros da zona de rebaixamento temporariamente. Com 12 pontos, os catarinenses terão de secar seus rivais diretos até o fim da 11ª rodada. Já o Londrina, com apenas um ponto a mais, também corre o risco de cair na classificação.

Em pouco tempo de bola rolando, aconteceu um pouco de tudo. Logo aos três minutos, o zagueiro Marquinhos estufou as redes, para delírio geral dos torcedores locais, mas a frustração veio mais rápido ainda, com a anulação do lance pelo bandeirinha. Impedimento corretamente marcado.

Apenas três minutos depois, porém, Zé Antônio arriscou um chute de longa distância, em cobrança de falta frontal, e marcou um golaço, na gaveta, sem chance para César. A festa nas arquibancadas, dessa vez, foi válida.

Em meio às comemorações e a empolgação da equipe em campo, o Figueirense voltou para a realidade rapidamente, já que o Londrina, na primeira vez que conseguiu ultrapassar o meio de campo, acertou o travessão em conclusão de Jonatas Belusso já dentro da área. O susto foi forte.

A partida seguiu movimentada até o intervalo, sempre com os alvinegros ditando o ritmo de jogo. César precisou trabalhar pelo menos mais três vezes para evitar que os mandantes aumentassem a vantagem. Aos 43, Bidía até cabeceou uma bola com perigo, mas foi só o que o Tubarão conseguiu aprontar.

No segundo tempo, naturalmente, a partida não manteve a mesma intensidade. Mesmo assim, por pouco o Figueira não chegou ao segundo gol em um lance muito parecido com o primeiro. Zé Antônio até escorregou na nova cobrança de falta, mas, ainda assim viu a bola raspar a trave.

O jogo já era de domínio dos catarinenses, mas ficou tudo mais fácil quando Ayrton resolveu usar o cotovelo na disputa de bola com Dudu. O árbitro Alinor Silva da Paixão, que ainda não havia aplicado sequer um cartão amarelo no jogo, sacou logo o vermelho e expulsou o lateral do Londrina pela agressão.

Dessa forma, os paranaenses, que já não vinham bem, se complicaram ainda mais, pois o Figueirense agiu rápido e, aos 19, chegou ao segundo gol com Henan, após sobra de cobrança de escanteio.

E quando o torcedor pensou que poderia relaxar um pouco depois de tanto tempo nas arquibancadas do Orlando Scarpelli, o Figueira voltou a falhar. Apesar de um homem a mais, a defesa alvinegra não conseguiu afastar uma bola alçada na área e ainda viu Jonatas Belusso diminuir o prejuízo do Tubarão e aumentar sua liderança na artilharia da competição, agora com oito gols.

A impressão era de que os últimos 15 minutos seriam tensos em Santa Catarina, mas antes de qualquer susto maior, o Figueirense tratou de resolver o jogo em um gol polêmico. Marco Antônio sofreu falta de Thiago Lopes e quando árbitro levou o apito à boca, Henan bateu e marcou.

No entanto, Alinor Silva da Paixão não validou o gol e confirmou a penalidade máxima. O problema é que para todo o time e comissão técnica do Londrina a falta ocorreu fora da área. Apesar de muita reclamação, o árbitro não voltou atrás, se mostrou convicto e Robinho aliviou o Figueira ao converter a cobrança e dar números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Figueirense jogará de novo em casa, contra o Ceará, sábado, às 16h30. Já o Londrina terá sua segunda missão seguida como visitante, no Mangueirão, terça, às 19h15, diante do Paysandu.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 3 X 1 LONDRINA

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Data: 27 de junho de 2017, terça-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Alinor Silva da Paixão (CBF-MT)

Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (CBF-MT) e Renan Antonio Angelim Rodrigues (CBF-MT)

Cartões amarelos: LONDRINA: Arthur

Cartão vermelho: LONDRINA: Ayrton

GOLS:

FIGUEIRENSE: Zé Antônio, aos 6 minutos do 1T, Henan, aos 19 minutos do 2T, e Robinho, aos 38 minutos do 2T.

LONDRINA: Jonatas Belusso, aos 29 minutos do 2T

FIGUEIRENSE: Thiago Rodrigues; Dudu (Weldinho), Marquinhos, Bruno Alves e Julinho; Zé Antônio, Dudu Vieira e Marco Antônio; Jorge Henrique (Luidy), Robinho e Henan (Joãozinho).

Técnico: Marcelo Cabo.

LONDRINA: César; Reginaldo, Marcondes, Matheus e Ayrton; Rômulo, Bidía (Rafael Gava) e Celsinho (Thiago Lopes); Fabinho (Lucas Ramon), Artur e Jonatas Belusso.

Técnico: Claudio Tencati.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade