PUBLICIDADE

Ex-árbitro, Índio dá aulas de educação física para deficientes em projeto apadrinhado por Romário

Projeto faz parte do programa da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência

27 mai 2022 16h31
ver comentários
Publicidade
Índio, com os alunos do projeto na Zona Oeste do Rio de Janeiro (Foto: Fausto Lemos/divulgação)
Índio, com os alunos do projeto na Zona Oeste do Rio de Janeiro (Foto: Fausto Lemos/divulgação)
Foto: Lance!

Com uma carreira de destaque como o árbitro de futebol que mais vezes apitou finais de campeonatos estaduais no Rio de Janeiro, Luís Antônio Silva Santos, o Índio, atualmente dá aulas de educação física em um projeto que assiste cerca de 80 pessoas com deficiência, entre crianças adolescentes e adultos, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Após encerrar a carreira nos gramados, Índio atuou como instrutor técnico na Federação de Futebol do Rio em paralelo ao projeto social. O projeto no qual ele atua faz parte do programa da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, que tem como padrinho o ex-jogador Romário.

- Tem sido muito gratificante e eu me emociono bastante, pois não esperava receber tanto carinho. Eles retribuem de uma forma ainda maior em relação ao que nós oferecemos a eles. É um trabalho muito humano, pois no futebol tudo era focado no resultado. Na educação física com eles, tudo é humano e gratificante! - contou o ex-árbitro.

Índio com um dos alunos do projeto (Foto: DivulgaçãoFAUSTO LEMOS)
Índio com um dos alunos do projeto (Foto: DivulgaçãoFAUSTO LEMOS)
Foto: Lance!

Índio ministra aulas de educação física no Centro de Referência da Pessoa com Deficiência no Mato Alto, em Jacarepaguá, desde maio de 2021. Cuidando desde crianças, até adolescentes e adultos, o ex-árbitro conta um pouco dos desafios do dia a dia.

- O maior desafio é proporcionar a eles uma melhor qualidade de vida, seja aos que tem algum comprometimento físico, seja o autista com particularidade cognitiva. Buscamos vencer as barreiras que os cercam e tentar minimizar a dor deles e dos familiares - contou Índio.

(Foto: Fausto Lemos)
(Foto: Fausto Lemos)
Foto: Lance!

Árbitro da FFERJ (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) desde 1995, Índio chegou à CBF em 1998, foi aspirante ao quadro da Fifa entre 2004 e 2008, até atuar como instrutor na preparação dos árbitros cariocas em meio à pandemia em 2020.

Lance!
Publicidade
Publicidade