1 evento ao vivo

Nicholas Santos é bicampeão e Brasil fatura mais dois bronzes no Mundial

15 dez 2018
13h34
atualizado às 14h08
  • separator
  • 0
  • comentários

O sábado de Mundial de Natação, em Hangzhou foi de pódio para o Brasil. Nas três finais que disputou, os representantes brasileiros conseguiram medalhas e ver a bandeira nacional subir de cima do pódio. Dois bronzes e um ouro, fizeram um ótimo dia para o país na piscina curta na China.

A primeira prova com pódio brasileiro foi o revezamento 4x50m medley. A equipe formada por Nicholas Santos, Felipe Lima, Guilherme Guido e Cesar Cielo fez o tempo de 1m31s49 e só ficou atrás de Rússia e Estados Unidos.

Em seguida, o surpreendente Nicholas Santos se mostrou incansável após a primeira prova e voltou à piscina para se tornar o homem mais velho a ser campeão mundial da história. Aos 38 anos, o brasileiro sagrou-se bi mundial nos 50m borboleta. O pódio ficou completo com o sul-africano Chad le Clos, na prata, e direto de Trinidad e Tobago, Dylan Carter ficou com bronze ao fechar a prova.

Fechando a boa exibição brasileira, Brandonn Almeida fez o melhor tempo de sua vida (4m03s71) nos 400m medley e conquistou o bronze. COm apenas 21 anos, o atleta mostrou ótima evolução em relação a outras competições e viu apenas o japonês Daya Seto (3m56s43) e do australiano Thomas Fraser (4m02s74) ficarem na sua frente.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade