PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Espanhola

Meu time

Luis Enrique diz que atual seleção perderia para geração campeã do mundo

22 mar 2019 16h23
ver comentários
Publicidade

O técnico da seleção espanhola, Luis Enrique, concedeu entrevista coletiva, nesta sexta-feira, em decorrência do jogo de sábado, contra a Noruega, no Mestalla, às 16h45 (de Brasília). Este será o primeiro confronto da equipe para as Eliminatórias para a Eurocopa de 2020 e apenas o sétimo do treinador com a seleção.

Ainda no começo da carreira como técnico de seleção, Luis Enrique já convocou 41 jogadores. Ele falou sobre como a falta de amistosos implica na dificuldade para achar os 23 jogadores ideais.

"Temos que criar uma nova seleção e isso se faz com tempo, partidas e resultados. Eu gostaria de já ter um time titular e 23 jogadores fixos, mas isso leva tempo", destacou o espanhol.

O treinador disse que sua seleção ainda está um pouco atrás da equipe que conquistou os títulos da Eurocopa de 2008 e 2012 e da Copa do Mundo de 2010. Ele também destacou a importância de se manter o projeto.

"Eu acredito que perderíamos para as seleções que ganharam as Eurocopas e a Copa do Mundo, mas temos que compararmos com as outras. E seguimos como estávamos quando chegamos ao topo: nono (no ranking da Fifa)", admitiu o treinador. "Agora buscamos outro time ganhador. Conquistar títulos não é fácil", completou.

Sobre o adversário deste sábado, Luis Enrique destacou o nível físico dos jogadores noruegueses. Ele falou sobre a importância de manter a posse da bola e evitar os contra-ataques e as jogadas pelas laterais.

"É uma equipe do norte da Europa, com um grande nível físico, superior ao nosso, com jogo direto, dois bons atacantes, com Joshua King como mais decisivo, com dois bons laterais. Tentaremos parar seus contra-ataques e manter a bola", destacou o treinador.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade