1 evento ao vivo
CSA

CSA ganha, afunda Botafogo-SP na zona de rebaixamento e mira o G-4 da Série B

Norberto, aos 38 minutos do segundo tempo, fez o único gol do jogo em Maceió

20 out 2020
22h06
atualizado às 22h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O CSA teve muitas dificuldades na noite desta terça-feira, mas conseguiu manter o bom momento no Campeonato Brasileiro da Série B ao ganhar do desesperado Botafogo-SP, por 1 a 0, no estádio Rei Pelé, pela 17.ª rodada.

O gol marcado por Norberto aos 38 minutos do segundo tempo fez o CSA chegar aos 23 pontos. O time alagoano ainda tem um jogo a menos. Já o Botafogo perdeu a quarta seguida e se afundou na zona de rebaixamento, com 14 pontos.

Apesar do placar não ter sido inaugurado, o primeiro tempo foi bastante movimentado no Rei Pelé. O CSA criou várias oportunidades e ainda teve um pênalti não marcado pelo árbitro, mas a chance mais clara foi do Botafogo, quando Rafinha chutou forte e a bola explodiu no travessão.

Na etapa final, o CSA não voltou com o mesmo ímpeto e chegou a ser pressionado pelo Botafogo. Rafinha exigiu grande defesa de Matheus Mendes em chute rasteiro. Quando o time paulista parecia mais perto de abrir o placar, os donos da casa marcaram.

Aos 38 minutos, Norberto ficou com a sobra dentro da área, bateu por cobertura de Darley e colocou o CSA na frente. Já nos acréscimos, Rafinha recebeu cruzamento de Ronald e cabeceou no travessão de Matheus Mendes.

O CSA volta a campo já na sexta-feira, quando enfrenta o Brasil, às 19h15, no estádio Bento Freitas, em Pelotas. No domingo, o Botafogo recebe o Vitória, às 20h30, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Os jogos são válidos pela penúltima rodada do primeiro turno.

FICHA TÉCNICA

CSA 1 X 0 BOTAFOGO-SP

CSA - Matheus Mendes; Diego Renan (Norberto), Cleberson, Luciano Castán e Rafinha; Geovane, Yago e Nadson (Rodrigo Andrade); Pedro Júnior (Rone), Rodrigo Pimpão (Rafael Bilu) e Paulo Sérgio (Pedro Lucas). Técnico: Mozart.

BOTAFOGO-SP - Darley; Val (Alan Dias), Róbson, Wallison Maia e Gilson (Guilherme Romão); Vitor Bolt (Jeferson), Elicarlos (Ferreira) e Bady (Matheus Anjos); Ronald, Wellington Tanque e Rafinha. Técnico: Claudinei Oliveira.

GOL - Norberto, aos 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Luiz Paulo de Moura Pinheiro (MT).

CARTÕES AMARELOS - Luciano Castán e Pedro Lucas (CSA); Wellington Tanque, Ronald, Wallison Maia e Gilson (Botafogo-SP).

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Veja também:

Para tentar entender Maradona: veja filmes em homenagem ao "Pibe"
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade