0

Robert Scheidt é eleito segundo maior atleta brasileiro em Olimpíadas; Adhemar Ferreira da Silva lidera

5 ago 2020
11h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Robert Scheidt foi eleito o segundo maior atleta dos 100 anos de história do Brasil em Olimpíadas. Um dos maiores esportistas do mundo, o velejador ficou atrás apenas de Adhemar Ferreira da Silva, primeiro bicampeão olímpico do país.

A eleição foi organizada pelo globoesporte.com e contou com mais de 100 jornalistas. A diferença entre Robert e Adhemar foi de 101 pontos. Enquanto Silva somou 1.868, Scheidt ficou com 1.767. Joaquim Cruz, medalha de ouro na prova dos 800 metros em Los Angeles em 1984, ficou na terceira posição.

"É uma honra receber esse reconhecimento da mídia especializada em esporte. Estar ao lado do Adhemar, o primeiro bicampeão olímpico do Brasil, e do Joaquim Cruz, meu ídolo de infância e que, com sua vitória em Los Angeles, me fez sonhar com a conquista de uma medalha de ouro, é especial. Quero agradecer a todos os jornalistas participantes e também aos colegas atletas. Todos nós, com pódios ou não, ajudamos a escrever a história do Brasil nesses 100 anos de participação na Olimpíada", falou Robert Scheidt.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio deste ano, adiados para 2021, marcariam o centenário da primeira participação do brasileira em Olimpíadas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade