0

Diretor de futebol do Cruzeiro fala em "excesso" de Thiago Neves

7 set 2019
16h41
atualizado em 8/9/2019 às 08h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois da declaração de Thiago Neves questionando as alterações na equipe para o duelo contra o Internacional, pela Copa do Brasil, o diretor de futebol do Cruzeiro, Marcelo Djian, admitiu que o camisa 10 cometeu excessos. Em entrevista à rádio 98FM, o dirigente ainda informou que houve uma reunião entre o jogador e o técnico Rogério Ceni para resolver a situação.

"Houve excesso do Thiago, mas nós conversamos hoje internamente e está tudo resolvido. Houve uma conversa. Sempre acontece um pouco de estresse quando é uma entrevista diferente, mas já foi conversado. Colocamos tudo que deveria ser falado entre jogador e treinador e está tudo resolvido", declarou o diretor de futebol.

Marcelo Djian ainda falou sobre o impacto da eliminação no torneio nas finanças do clube. Segundo ele, agora a Raposa terá que procurar jogadores com valor mais baixo, utilizando atletas do elenco que não estão satisfeitos como moeda de troca.

"Vai impactar bastante. Isso nos preocupa, por isso estamos tentando monitorar jogadores que possam não ser tão caros e jogadores como moedas de troca, que estejam insatisfeitos e que peçam para sair. Lembro que ano passado usamos o Bruno Silva na chegada do Jadson, o Mancuello foi vendido para o Toluca. Vários jogadores que não estão sendo utilizados, vamos utilizar para fazer as contratações", completou o dirigente.

Neste domingo (8), às 11h (de Brasília), o Cruzeiro recebe o Grêmio no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. No momento, a equipe mineira ocupa a 16ª colocação, com 18 pontos conquistados.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade