0

Cruzeiro vence o Emelec no Equador e mantém 100% na Libertadores

3 abr 2019
23h27
atualizado às 23h28
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro deu um passo importantíssimo para conseguir a classificação ao mata-mata da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira. Jogando no Estádio George Capwell, em Guayaquil, a equipe de Mano Menezes segurou o ímpeto do Emelec e triunfou por 1 a 0, com gol de Rodriguinho ainda na primeira etapa, em partida válida pela terceira rodada da Fase de Grupos.

Com o resultado, o Cruzeiro mantém o 100% na competição, segue na liderança do Grupo B e chega aos nove pontos, mantendo a situação tranquila na chave. O Emelec, por sua vez, estaciona nos dois pontos e fica em situação delicada para conseguir a classificação.

O Cruzeiro volta aos gramados pela competição na próxima quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), quando recebe o Huracán no Mineirão. Um dia depois, ás 23 horas (de Brasília), o Emelec recebe o Deportivo Lara, novamente no Estádio George Capwell

O jogo - Cauteloso pelo fato de estar jogando fora de casa, o Cruzeiro foi bastante equilibrado nos primeiros minutos de jogo. Se por um lado o time de Mano Menezes não corria muitos riscos na defesa, também não atacava com agressividade. A primeira grande chance da Raposa aconteceu somente aos 20 minutos, quando Rodriguinho, adiantado, recebeu de Fred e mandou para as redes, mas o árbitro marcou corretamente o impedimento.

Apesar de ter o gol anulado, o Cruzeiro seguiu fazendo uma partida segura e, aos poucos, voltou a atacar os donos da casa. Aos 31 minutos, em cobrança de falta de Robinho, Henrique desviou no primeiro pau, e Rodriguinho ficou com a sobra, dominando e batendo por cima, na saída do goleiro, para abrir o placar. Desta vez, o árbitro não viu qualquer irregularidade na jogada.

Em desvantagem o Emelec se viu na obrigação de responder rapidamente, e foi exatamente isso o que aconteceu. Aos 34 minutos, os donos da casa mandaram a bola para a área, e Ângulo ganhou no alto, cabeceando certeiro e vencendo o goleiro Fábio. O atacante, porém, estava impedido e acabou tendo deu tento anulado.

Segundo tempo

Na etapa complementar o Emelec se mostrou mais agressivo. Diante da obrigação de correrem atrás do prejuízo, os donos da casa até balançaram as redes logo aos oito minutos, mas a arbitragem assinalou impedimento de Ângulo, que recebeu passe açucarado para precisar apenas tocar na saída do goleiro Fábio.

O Cruzeiro, entretanto, deu a resposta e tirou o adversário da zona de conforto. Após escanteio, Dedé cabeceou rente à trave. Mais tarde, Robinho e Fred envolveram a zaga equatoriano com bela tabela, mas o meio-campista exagerou no preciosismo e parou no arqueiro Dreer, que mandou para escanteio.

Na reta final, o Cruzeiro se retraiu no campo de defesa e viu o Emelec ir com tudo para o ataque em busca ao menos do empate. O time de Mano Menezes soube se portar com a pressão rival, não deu brechas e assegurou a importantíssima vitória solo uruguaio.

FICHA TÉCNICA

EMELEC (EQU) 0 X 1 CRUZEIRO

Local: estádio George Capwell, em Guayaquil (Equador)

Data: 3 de abril de 2019, quarta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Victor Carrillo (PER)

Assistentes: Jonny Bossio e Victor Raez

Gols: Rodriguinho, aos 31 do 1ºT (Cruzeiro)

Cartões amarelos: Caicedo e Jaime (Emelec). Lucas Romero, Dodô e Edílson (Cruzeiro)

Cartão vermelho: Luna (Emelec)

EMELEC: Dreer; Caicedo, Veja, Jaime e Estacio; Godoy, Queiróz e López (Luna); Brayan Ângulo, Guerrero (Arce) e Cabezas (Angulo)

Técnico: Mariano Soso

CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Dodô (Egídio); Lucas Romero, Henrique, Robinho, Rodriguinho (Rafinha) e Marquinhos Gabriel (Fabrício Bruno); Fred

Técnico: Mano Menezes

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade