PUBLICIDADE
Logo do

Cruzeiro

Meu time

Cruzeiro mira Mattos para assumir o futebol, mas terá de vencer barreiras para ter o executivo no clube

O ex-diretor de futebol do clube mineiro está nos EUA e é o sonho da Raposa para comandar o futebol celeste em 2022

22 nov 2021 17h49
| atualizado às 17h49
ver comentários
Publicidade

O nome de consenso do Cruzeiro para gerir o futebol em 2022 é de Alexandre Mattos, executivo no bicampeonato brasileiro de 2013 e 2014. Todavia, ainda há uma caminhada para a Raposa ter de volta o dirigente, que está morando nos EUA.

Mattos estave no rival Atlético-MG em 2020 e segue sendo cortejado pela Raposa para o ano que vem-(Bruno Cantini/Atlético-MG)
Mattos estave no rival Atlético-MG em 2020 e segue sendo cortejado pela Raposa para o ano que vem-(Bruno Cantini/Atlético-MG)
Foto: Lance!

A vinda de Mattos pode acontecer por intermédio da XP, empresa que está ajudando o clube mineiro a buscar um investidor para a mudança para clube-empresa.

O Cruzeiro aposta alto na SAF (Sociedade Anônima do Futebol) para ter uma injeção de recursos que consiga equilibrar a contas do clube mineiro, atolado em dívidas e com campanhas fracas nas últimas duas temporadas da Série B.

Os recursos financeiros também seriam uma forma de atrair Mattos para gerenciar um processo de reconstrução esportiva, que pode afetar diretamente o clube como um todo e recolocá-lo como um dos grandes do futebol brasileiro e jogar a Série A em 2023.

Recentemente, Alexandre Mattos afirmou que neste momento pretende ficar nos Estados Unidos e assumir cargo na direção de futebol de um clube da divisão de acesso daquele país, abrindo mercado para o seu trabalho.

O nome de Alexandre é o favorito na diretoria do Cruzeiro e também do principal investidor, Pedro Lourenço, que tenta trazê-lo para a Raposa desde 2020. Todavia, ainda não há qualquer sinal de que um acordo possa sair.

Lance!
Publicidade
Publicidade