PUBLICIDADE
Logo do

Cruzeiro

Meu time

Cruzeiro e Guzmán não se acertam e clube afirma que tomará medidas jurídicas

21 abr 2021
12h53 atualizado às 12h53
0comentários
12h53 atualizado às 12h53
Publicidade

O Cruzeiro se manifestou via nota oficial após o desacordo do negócio com o meia colombiano Yeison Guzmán. O clube destacou que o atleta e seu staff descumpriram o acordo acertado entre as partes e informou que o caso está com o departamento jurídico do clube.

O clube informou que a negociação foi formalmente concluída semana passada entre Cruzeiro, Guzmán e seu clube, Envigado-COL, com a assinatura do atleta. A Raposa chegou a anunciar o negócio em seu Twitter e o jogador gravou um vídeo mandando um recado à torcida cruzeirense.

Ainda segundo o clube, os representantes do meia se negaram a finalizar os trâmites burocráticos do acordo nos últimos dias, "causando enorme desconforto em todos os envolvidos". Para finalizar, o Cruzeiro reforçou que "está tomando todas as medidas jurídicas cabíveis, resguardado por documentação e arquivos comprobatórios".

O clube de Guzmán, Envigado-COL, também soltou uma nota informando que o negócio entre Cruzeiro e jogador não foi concretizado e que o atleta continuará no clube.

Confira a nota completa do Cruzeiro:

"O Cruzeiro Esporte Clube comunica que a transação envolvendo o atleta Yeison Guzmán está a partir do presente momento sob os cuidados do nosso departamento jurídico. Mesmo com o acordo tendo sido realizado dentro de todos os parâmetros protocolares, contando com o apoio e profissionalismo da diretoria do Envigado FC, o jogador, influenciado por terceiros, está lamentavelmente descumprindo de forma unilateral com tudo o que havia sido, por escrito, celebrado entre as partes.

É importante frisar que a negociação foi formalmente concluída na semana passada entre Cruzeiro, Envigado e Guzmán, após aceite do jogador e formalização da proposta do Clube, com assinatura do atleta na documentação oficial enviada, dentro dos parâmetros determinados pela FIFA, mesmo que, devido às restrições da Covid-19, os representantes dos clubes não tenham tido a oportunidade de se reunirem presencialmente, uma vez que a entrada de brasileiros na Colômbia está proibida a partir das normas sanitárias da pandemia.

A notícia, inclusive, foi publicada nos canais oficiais dos clubes, de forma simultânea e previamente alinhada, endossada pelo próprio atleta em vídeo destinado para a torcida do Cruzeiro.

Nos últimos dias, entretanto, de forma estranha e distante de qualquer profissionalismo, o staff do atleta passou a não atender os profissionais de Cruzeiro e Envigado para a finalização dos trâmites burocráticos, causando enorme desconforto em todos os envolvidos.

Diante do comportamento e da negativa do atleta, em honrar com aquilo que fora acordado e formalmente assinado, o Cruzeiro informa que já está tomando todas as medidas jurídicas cabíveis, resguardado por documentação e arquivos comprobatórios.

A diretoria do Cruzeiro continuará trabalhando firme para que os objetivos da temporada sejam alcançados, dando todo o suporte para que a comissão técnica possa desenvolver um grande trabalho dentro das quatro linhas.

Ninguém é maior do que o Cruzeiro."

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade