0

Cruzeirenses lamentam derrota, mas acreditam na 'volta por cima' no Brasileirão

Fábio afirma que companheiros precisam ter tranquilidade e atacante David pede desculpas aos torcedores

21 set 2019
21h05
atualizado às 21h05
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro lutou, mas não teve forças para segurar a pressão do líder Flamengo e conheceu a sua quarta derrota seguida no Campeonato Brasileiro. Consequentemente, segue dentro da zona de rebaixamento - tem 18 pontos na 17.ª colocação. Após o duelo, o goleiro e capitão Fábio falou sobre a má fase da sua equipe e pediu tranquilidade para conseguir tirar a equipe desta incômoda situação.

"Quando está em situações delicadas como a nossa, a camisa pesa mais e às vezes acontece um ou outro erro. Contra uma equipe que o jogo é de igual para igual, se torna um jogo mais pesado. A gente tem que ter tranquilidade porque se estamos no Cruzeiro é porque cada um foi merecedor. Agora é pensar nas outras partidas. Essa aqui já ficou para trás", disse.

O recém contratado Ezequiel, que entrou no intervalo no lugar de Thiago Neves, confirmou que o grupo irá se doar ao máximo para salvar o Cruzeiro do rebaixamento à Série B de 2020, algo que nunca aconteceu na história do time mineiro. "Sentimento de acreditar. O Cruzeiro é muito grande, sabemos da história, que está na Série A há bastante tempo. Não vamos deixar que aconteça alguma coisa. O momento é de subir cada vez mais. Vamos nos doar cada vez mais para subir", prometeu o atacante.

Por fim, o atacante David fez questão de pedir desculpas aos torcedores que estavam presentes no estádio. "Entendemos o lado do torcedor. O Cruzeiro nunca passou por essa situação. Estamos trabalhando, focando, tentando e infelizmente as coisas não estão dando certo, mas irão melhorar. Pedir desculpas ao torcedor, que não merece passar por isso. Mas vamos conseguir superar", afirmou.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade