2 eventos ao vivo

América-MG tem mais chances de disputar Série A em 2020 do que Cruzeiro, apontam professores

Dados são de grupo do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

9 out 2019
19h35
atualizado às 19h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Em plena ascensão na Série B do Campeonato Brasileiro, o América Mineiro venceu na terça-feira, por 2 a 0, o líder Bragantino e aumentou as chances de fisgar uma vaga na elite do futebol nacional no ano que vem. Com a vitória no estádio Independência, o time chegou ao G-4. Na contramão, o Cruzeiro ocupa a 18.ª posição do Brasileirão e não vence uma partida desde 1.º de setembro, correndo sério risco de ser rebaixado pela primeira vez.

Nesse cenário, para pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), é mais provável que o Coelho esteja na Série A em 2020 do que a Raposa. Segundo dados divulgados no site do grupo de pesquisas Mat UFMG, o América Mineiro tem 41,9% de chances de conseguir o acesso à Série A ao final deste ano. Comandado pelo ex-jogador Felipe Conceição, o alviverde foi campeão da Série B em 2017, mas não conseguiu manter o bom futebol no Brasileirão de 2018 e foi rebaixado da elite. Na ocasião, o clube ficou justamente na 18.ª colocação, posição ocupada hoje pelo Cruzeiro.

Com 23 rodadas disputadas, para o grupo de pesquisadores, o time da Toca da Raposa tem 36,6% de probabilidade de permanecer na Série A. Estatisticamente, sua chance de permanência só não é menor do que as de Avaí e Chapecoense, com 11,3% e 9,.3%, respectivamente.

O Cruzeiro tem passado por problemas administrativos que têm afetado o desempenho da equipe. Buscando reverter essa situação, o time celeste enfrenta nesta quarta-feira o Fluminense no Mineirão, em disputa direta contra o rebaixamento. O tricolor carioca está na 15.ª colocação.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade