0

Ponte cede empate ao Criciúma nos acréscimos e segue sem vencer

2 mai 2019
23h01
atualizado às 23h22
  • separator
  • 0
  • comentários

A Ponte Preta segue sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro 2019. Na noite desta quinta-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, o time paulista cedeu o empate por 1 a 1 ao Criciúma nos acréscimos da partida válida pela segunda rodada da competição.

Com apenas um ponto, Ponte Preta e Criciúma assumiram de forma provisória o 14º e o 13º lugares na tabela da Série B, respectivamente. Na estreia, a Macaca perdeu por 2 a 0 para o Coritiba, no Couto Pereira, enquanto a equipe catarinense foi derrotado por 1 a 0 pelo Cuiabá, em casa.

Pela terceira rodada do Brasileirão Série B, a Ponte Preta enfrenta o Vila Nova na próxima sexta-feira, dia 10, às 21h30 (de Brasília), no Serra Dourada. O Criciúma, por sua vez, recebe o América-MG no dia seguinte, às 11 horas, no Heriberto Hulse.

Jogando no erro do adversário, o Criciúma teve a primeira chance de gol na partida. Aos 16 minutos, após falha na saída de bola da Ponte, Vinicius avançou com liberdade até a área e rolou para Daniel Costa soltar a pancada e exigir grande defesa de Ivan com os pés.

O time catarinense foi castigado por não ter aproveitado a chance. Aos 31 minutos, a Ponte contou com um gol contra para abrir o placar. Após fazer boa jogada com Arnaldo na direita, Júlio César cruzou na pequena área. Na tentativa de fazer o corte, o zagueiro Léo Santos, que jogou na Macaca em 2018, empurrou contra a própria meta.

Buscando a reação, o Tigre voltou do intervalo mais agressivo e quase empatou no começo da etapa final. Aos 13 minutos, após cobrança de escanteio, Vinicius desviou de cabeça na primeira trave, mas o goleiro Ivan evitou o gol com a perna.

Para deixar o Criciúma mais ofensivo, Gilson Kleina promoveu a entrada do atacante Reinaldo na vaga do meia Daniel Costa. Jorginho respondeu colocando Batista e Nathan nos lugares de Thalles e André Castro. A Ponte recuou demasiadamente e recebeu o castigo por isso.

Aos 47 minutos,  após cobrança de falta na área, o zagueiro Léo Santos se esticou todo no segundo poste para mandar para as redes e se redimir do gol contra, tornando-se o principal personagem da partida, que terminou com gosto amargo para o time da casa.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 1 CRICIÚMA

Local: Moisés Lucarelli, Campinas (SP)

Data: 2 de maio, quinta-feira

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen (BA) e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA)

Cartão Amarelo: Arnaldo (Ponte Preta); Adilson Goiano e Lúcio Flávio (Criciúma)

Cartão Vermelho: -

Gols:

PONTE PRETA: Léo Santos (contra), aos 31 minutos do 1º tempo

CRICIÚMA: Léo Santos, aos 47 minutos do 2º tempo

Ponte Preta: Ivan; Arnaldo, Reginaldo, Airton e Abner; André Castro (Nathan), Gerson Magrão, Júlio César e Matheus Vargas; Renato Kayser (Giovanni) e Thalles (Batista)

Técnico: Jorginho

Criciúma: Paulo Gianezini; Maicon, Sandro, Léo Santos e Caíque (Marlon); Adilson Goiano (Liel), Wesley, Eduardo e Daniel Costa (Reinaldo); Vinicius e Lúcio Flávio

Técnico: Gilson Kleina

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade