PUBLICIDADE

Cristiano Ronaldo alcança 801 gol na carreira em vitória do United sobre o Arsenal

Com o resultado, Manchester alcança os 21 pontos, na sétima colocação, enquanto o rival permanece com 23, na quinta posição

2 dez 2021 19h36
| atualizado às 19h49
ver comentários
Publicidade

Em um clássico muito disputado, o Manchester United venceu o Arsenal, nesta quinta-feira, no Old Trafford, por 3 a 2, com atuação histórica de Cristiano Ronaldo, autor de dois gols, atingindo a marca de 801 na carreira, em duelo válido pela rodada 14 do Campeonato Inglês. Com o resultado, o United alcança os 21 pontos, na sétima colocação, enquanto o Arsenal permanece com 23, na quinta posição.

O Arsenal começou na pressão com a conquista de três escanteios no primeiro ataque. Com bom toque de bola, o time de Londres tinha o domínio da partida. O United foi confuso na armação das jogadas e viveu da inspiração de Cristiano Ronaldo, que lutou praticamente sozinho no campo de ataque.

Aos 13 minutos, o lance mais polêmico da partida. O brasileiro Fred se chocou com o goleiro De Gea, que ficou caído. O árbitro não paralisou a partida e Smith-Rowe bateu de fora da área para abrir o placar. O gol só foi validado após análise do VAR.

O Manchester reagiu e Cristiano Ronaldo tentou empatar duas vezes, mas sem sucesso. A igualdade só foi obtida aos 44 minutos com Bruno Fernandes, após bela assistência de Fred.

A etapa final foi sensacional. Após uma bela defesa de cada goleiro, Cristiano Ronaldo virou para o Manchester, aos seis minutos, ao anotar o gol 800 da carreira. Mas os visitantes não deixaram a torcida festejar por muito tempo.

Após assistência do também brasileiro Gabriel Martinelli, Oedegaard voltou a empatar a partida, os nove minutos. Com o 2 a 2 no placar, a partida ficou aberta, com as equipes no ataque.

O VAR voltou a interferir na partida, após o árbitro nada marcar no lance entre Oedegaard e Fred. O pênalti foi confirmado e Cristiano Ronaldo bateu no meio do gol para fazer o terceiro do United e o 801 dele na carreira.

Daí até o final, o Arsenal pressionou e o United tentou definir a fatura no contra-ataque. Várias oportunidades foram criadas, mas o placar não foi mais alterado.

No outro duelo desta quinta-feira, o Tottenham derrotou o Brentford, por 2 a 0, com destaque para o sul-coreano Son, autor do segundo gol e responsável pela jogada do primeiro marcado contra por Canos. O Tottenham é o sexto na classificaçao, com 22 pontos, enquanto o Brentford, com 16, está na 12ª colocação.

Estadão
Publicidade
Publicidade