0
Logo do Coritiba
Foto: terra

Coritiba

Jogadores do Coxa lamentam desatenção na bola parada

30 mai 2018
00h22
atualizado às 00h22
  • separator
  • comentários

Com três gols nascidos em jogadas de bolas paradas, o Coritiba caiu diante do Londrina por 3 a 2, no Estádio do Café, vendo ameaçada sua posição no 4 da Série B do Campeonato Brasileiro. O volante Wellington Simião não poupou críticas ao time, que voltou a mostrar algumas falhas conhecidas neste tipo de lance, desperdiçando a chance de voltar para casa com pontos importantes.

"É desatenção na bola parada. Depois um pênalti para eles. Depois, de novo, como já vinha de outros jogos do Estadual, perdemos um rebote e tomamos um gol. Buscando um objetivo tão grande, não pode ter esse tipo de desatenção. Tem que estar ligado o tempo todo, os 90 minutos", disse o jogador, lamentado a luta em vão para pelo menos somar um ponto. "Buscamos o empate, estávamos bem com a bola rolando, mas na bola parada deixamos a desejar", emendou.

Seguindo a mesma linha de crítica, o lateral Leandro Silva se mostrou inconformado com as falhas na casa do adversário. "Com a grandeza que a gente tem e com essa camisa, com respeito ao Londrina, não podemos vir aqui e tomar esse gols bobos, por desatenção. Temos que entrar ligados nesses jogos decisivos para somar os três pontos. Pode custar caro e foi o que aconteceu", analisou.

A reação terá que acontecer em casa, na próxima terça-feira, diante do CRB, quando o zagueiro Alex Alves espera um time mais atendo na busca pela vitória. "A gente sabia que seria um jogo aberto. Mas, é desatenção. Pedimos atenção na bola parada deles, para todos ficarem próximos. Agora é trabalhar, tem jogo importante em casa e temos que somar os três pontos", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade