0

Coritiba se apoia novamente na força do Couto Pereira

Equipe coxa-branca precisa reverter a vantagem da final do Campeonato Paranaense no próximo domingo

27 abr 2015
07h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Coritiba foi presa fácil para o Operário,  na tarde deste domingo, em Ponta Grossa, e foi derrotado por 2 a 0 na partida de ida da final do Campeonato Paranaense. Apesar da desvantagem, o time da capital demonstrou confiança, já que o retrospecto no Estádio Couto Pereira é muito forte.

Coritiba venceu os últimos 11 jogos em seu estádio
Coritiba venceu os últimos 11 jogos em seu estádio
Foto: Divulgação/Coritiba

Com 11 vitórias consecutivas dentro de seus domínios, a equipe coxa-branca se apoia, novamente, na força da sua casa. Para o torcedor ficar ainda mais otimista, o clube venceu seis vezes por dois ou mais gols, o que anima o grupo para reverter essa vantagem.

“O torcedor tem que confiar, acreditar. Tivemos outras situações adversas na competição e revertemos. E, em todos esses momentos, a torcida se fez presente e carregou o time. Mesmo nos momentos mais críticos. Venham para o Couto”, pediu Marquinhos Santos.

O mau jogo deste final de semana, inclusive, serve como exemplo para o Coritiba conquistar o trigésimo oitavo título do Campeonato Paranaense, pois quase nada funcionou e, no próximo domingo, será preciso mudar praticamente tudo. “Agora é ter o equilíbrio. Temos que mudar a atitude, postura e ter mais atenção em bola parada. Não jogamos bem mesmo, mas não está tudo errado”, reconhece.

O treinador, por exemplo, comparou o atual momento com o ocorrido na semifinal, diante do Londrina, em que conseguiu mudar o cenário. "Perdemos o jogo de ida e conseguimos reverter com sobras no Couto Pereira", aponta. No entanto, na semifinal a derrota fora de casa foi por 1 a 0.  Mesmo assim, os jogadores não se abalaram. "Não fizemos um bom jogo, mas temos totais condições de reverter no Couto", garantie o zagueiro Leandro Almeida, capitão do Coritiba, e que perdeu a única chance clara da equipe na partida, no final do jogo.

Fonte: PGTM Comunicação - Especial para o Terra PGTM Comunicação - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade