PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Willian estreia, Giuliano marca, mas Corinthians fica apenas no empate com o América-MG

Coelho que começou elétrico, saiu na frente, mas o Timão empatou ainda no primeiro tempo, com o primeiro tento do camisa 11 pelo clube

19 set 2021 20h24
| atualizado às 20h41
ver comentários
Publicidade

Na estreia de Willian pelo Corinthians, o 'Quarteto Fantástico', que, além do camisa 10, conta com Giuliano, Renato Augusto e Róger Guedes não aconteceu, no empate em 1 a 1 do Timão contra o América-MG, na Neo Química Arena, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo (19).

Willian fez primeiro jogo pelo Timão, mas não saiu vencedor (Foto: Twitter/Corinthians)
Willian fez primeiro jogo pelo Timão, mas não saiu vencedor (Foto: Twitter/Corinthians)
Foto: Lance!

O técnico corintiano Sylvinho optou por começar com Gabriel Pereira pelo lado direito do ataque e Renato Augusto no banco. Aos 18 minutos do segundo tempo, Renato entrou, mas Willian saiu.

Os americanos saíram na frente, logo aos seis minutos de jogo, com Marllon. Giuliano empatou 10 minutos depois, marcando o seu primeiro com a camisa do Timão, e a partida terminou empatada, o terceiro 1 a 1 consecutivo do Timão.

AMÉRICA COMEÇA MELHOR

O América-MG começou melhor que o Corinthians na partida e com cinco minutos de jogo já havia criado duas boas oportunidades de gol. A primeira, com Zárate encontrando Juninho na área, o camisa 8 ajeitou de cabeça para trás, e Ribamar finalizou para fora.

Na sequência, Jô saiu jogando errado, Ademir serviu bem Lucas Kal, que finalizou no canto esquerdo de Cássio que foi buscar e fez boa defesa.

Após chegar perto em dois momentos, aos seis minutos de jogo, o Coelho abriu o placar, em mais uma boa jogada do argentino Mauro Zárate, que fez contra o Timão a sua primeira partida como titular com a camisa americana, deu um corte seco em Gabriel e fez ótimo lançamento para o lateral-esquerdo Marllon, que finalizou de primeira, e abriu o placar.

Logo após abrir o placar, o América-MG seguiu indo para cima e quase ampliou aos 10 minutos da etapa inicial, com Ademir deixando Ribamar na cara de Cássio, mas o centroavante parando no goleiro Cássio.

CORINTHIANS EMPATA

Logo após a chance desperdiçada por Ribamar, o Corinthians tentou controlar as ações, e aos 16 minutos chegou ao empate em sua primeira boa descida. Pelo lado direito, o estreante Willian recebeu de Gabriel Pereira, cruzou por baixo, visando Róger Guedes, que parou em duas boas defesas de Matheus Cacvichioli. Após isso, a bola sobrou opara Jô, que fez a parede para Giuliano tocar no canto direito do goleiro americano e marcando o seu primeiro gol com a camisa do Timão, para empatar o jogo.

TIMÃO CRIA BOAS CHANCES

Após empatar, o Corinthians cresceu. Chegando a ter mais de 70% da posse de bola, o Time do Povo abusava das suas descidas em velocidade pelas pontas. Na direita, Willian e Gabriel Pereira conversavam bastante fazendo um bom jogo. Quando caia pela esquerda, a individualidade de Róger Guedes gerou ótimas oportunidades para o clube do Parque São Jorge.

Contudo, nas principais chances criadas, a primeira em uma trama entre Gabriel Pereira, Willian, Jô e Giuliano chegando na cara do gol e sendo abafado por Matheus Cacvichioli, e posteriormente com Róger Guedes indo para cima da marcação e finalizando no canto direito, mas parando na grande defesa do goleiro americano.

AMÉRICA JOGA NO ERRO DO TIMÃO

Antes do fim da etapa inicial, o América-MG voltou a ter uma boa chance, criada em uma tomada de bola perdida por Willian, caindo na direita para Ademir, que finalizou no canto direito de Cássio, que fez novamente boa defesa.

GABRIEL ACERTA A TRAVE

Aos 40 minutos do primeiro tempo, o Timão quase vira a partida, com o volante Gabriel aproveitando uma bola rebatida após cobrança de escanteio, encheu o pé de primeira e acertou a trave.

AMÉRICA VOLTA BEM, MAS POUCO CRIA

O América-MG voltou para o segundo tempo tendo mais a bola, mas, diferentemente do primeiro tempo, não criou grandes chances. O que mais perto chegou do gol no início da etapa final foi numa finalização de fora da área de Lucas Kal, que passou por cima do gol.

TIMÃO CONTROLA O JOGO E CRIA BOAS CHANCES

Vendo que o América-MG não estava com o mesmo poderio do meio para frente, o Timão começou a criar. O Alvinegro começou a pressionar na marcação central, até criar uma grande chance aos 14 minutos, com Róger Guedes levando a marcação, servindo para Giuliano, que finalizou no canto direito do goleiro adversário, mas mandando para fora.

Dez minutos depois, novamente com Giuliano, o Timão quase vira o jogo. O camisa 11 deu um corte seco no zagueiro americano, deixando o defensor no chão, bateu no canto esquerdo, mas parou no goleiro Matheus Cavichioli.

RENATO AUGUSTO ACERTA A TRAVE

Aos 18 minutos do segundo tempo, Renato Augusto entrou no lugar de Willian. Dando mais participação do Corinthians na faixa central, encostando bastante na área, buscando a finalização ao gol, e em uma delas acertou o pé da trave direita do América-MG, em mais um momento de perigo do TImão.

ATUAÇÃO FANTÁSTICA DE MATHEUS CAVICHIOLI

O goleiro do América-MG, que havia feito duas defesas fantásticas no gol sofrido pelo time, no primeiro tempo, foi gigante também na segunda etapa, com pelo menos outras três defesas difíceis, principalmente em boas chances criadas por Giuliano.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)

Data e Hora: 19 de setembro de 2021, São Paulo (SP)

Árbitro: Sávio Pereira (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva (DF) e José Reinaldo Nascimento (DF)

Árbitro de Vídeo: Wagner Reway (PB)

Público/renda: Portões Fechados

Cartão amarelo: Gabriel (Corinthians)

Cartões vermelhos:

Gols: 0-1 Marllon (6'/1T); 1-1 Giuliano (16'/1T)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor e Gil e Fábio Santos; Gabriel, Giuliano (Luan, 42'/2T) e Willian (Renato Augusto, 18'/2T); Gabriel Pereira (Gustavo Mosquito, 33'/2T), Jô e Róger Guedes. Técnico: Sylvinho.

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Patric, Ricardo Silva, Anderson e Marllon (Alan Ruschel, 28'/2T); Juninho e Lucas Kal (Zé Ricardo, 33'/2T); Mauro Zárate (Yan Sasse, 28'/2T), Ademir (Marcelo Toscano, 40'/2T) e Alê; Ribamar (Rodolfo, intervalo). Técnico: Vágner Mancini.

Lance!
Publicidade
Publicidade