0

TV: adolescente suspeito por morte de boliviano contou com ajuda

10 mar 2013
22h18
atualizado às 22h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O adolescente H. A. M., 17 anos, que se apresentou como responsável pela morte do jovem Kevin Douglas Beltrán Espada, realmente foi quem atirou o sinalizador que acertou o garoto boliviano. É o que afirma reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, exibida neste domingo. Ainda segundo a atração, o torcedor contou com ajuda de outro corintiano, este ainda não responsável.

<p>Adolescente se apresentou como responsável pelo disparou que matou Kevin Espada</p>
Adolescente se apresentou como responsável pelo disparou que matou Kevin Espada
Foto: Bruno Santos / Terra

Em 20 de fevereiro, durante partida contra o San José, um torcedor brasileiro disparou sinalizador que acertou o rosto de Kevin, 14 anos, que morreu instantes depois. Dias depois, um adolescente identificado pelas iniciais H. A. M. se apresentou à Vara da Infância e da Juventude de Guarulhos, cidade em que mora, afirmando ser o responsável pela tragédia.

Doze torcedores brasileiros seguem presos em Oruro, na Bolívia, acusados de serem responsáveis pela morte de Kevin. A reportagem do Fantástico, entretanto, consultou o perito Nelson Massini, que confirmou que o adolescente H. A. M. foi mesmo o autor do disparo. O especialista ainda analisou que outro torcedor auxiliou o jovem a manusear o sinalizador.

Outro dado apresentado pela reportagem foi a identificação de outro corintiano que ficou com mochila que seria de H. A. M., onde estava o sinalizador. Cristiano Rocha de Miranda, vulgo "Magrão", foi o torcedor que levou a mala, mas o membro da organizada Gaviões da Fiel afirmou que não conhecia o jovem e que não dará entrevistas.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade